sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Bob*

Por LauraReis
Tema livre


Eu morro de medo de cachorro, se você ainda não sabe. Morro de medo, entende?
Mas também sinto uma inveja incrível de quem ama esse bicho, de quem tem.
Acho admirável. Muito.
Quando ouvi falar sobre o livro Marley e eu, quis logo ler, porque achei que a história podia ser bonitinha e, bom.. achei que seria mais tranquilo do que, sei lá, quando sinto aquele nojinho/medinho de quando alguém me diz que vai adquirir um auau novo ou quando entro em alguma simpática residência que passa a se tornar monstruosa pra mim, já que seres caninos também fazer parte daquela família.
Bom, o livro Marley e eu é uma daquelas belezas da literatura. Gostosíssimo de ler, muito divertido e me fazia olhar pro relógio e dizer só mais um capitulo, ok? e adiar o sono.
A história de Grogan e sua família fofa - que cresceu tão surpreendentemente! - me emocionou e me fez repensar pela enésima vez sobre esse meu medo enorme de cachorrinhos e minha vontade de superá-lo e.. quem sabe, um dia até ter o meu próprio cachorrinho.
Se bem que, analisando Marley, ninguém terá muita vontade de ter um cãopanheiro, não. Afinal aquele monstro em forma de cachorro que destrói tudo não é o sonho de consumo de muita gente. Eu sei, tem o lance da cumplicidade, lealdade, amizade e muitos outros ades que um cachorro carrega consigo [junto das babas, as patas sujas e aquele olhar de quem tá pedindo desculpas ou aquele olhar de exterminador do futuro]. E é esse tanto de ade que me fez derramar minhas lágrimas comoventes enquanto lia certas linhas escritas por Grogan: o lance de Marley sentir junto os sofrimentos de John e Jennifer ou o quanto o peso da idade de Marley e todas as dificuldades advindas daí refletia em todo mundo, entre outras coisas..
E bem.. a moral da história é que agora eu sei que, se um dia eu quiser um auau, eu preciso observar seus papais, pois reza a lenda de Grogan e sua família que filho de cão, cãozinho é**. Fikdik.



Ps¹.: não vi o filme. [q]
Ps² .: a novidade mais quente, na área canina da minha vida, é que agora eu convivo [haha] com um pitbull e bom.. acho que rolou uma diminuição nos meus medos.
Bjsmesalva.


* Marley! gauydgsdauyhdasuihuadsguydsaghiadshiuhsdiuh

** isso foi péssimo, eu sei.

39 comentários:

  1. Redemption Song
    Bob Marley

    Old pirates, yes, they rob I,
    Sold I to the merchant ships,
    Minutes after they took I
    From the bottom less pit
    But my hand was made strong
    By the hand of the Almighty
    We forward in this generation
    Triumphantly

    Won't you help to sing,
    These songs of freedom?
    'Cause all I ever have:
    Redemption songs,
    Redemption songs!

    Emancipate yourselves from mental slavery
    None but ourselves can free our minds
    Have no fear for atomic energy,
    'Cause none of them can stop the time
    How long shall they kill our prophets,
    While we stand aside and look
    Huh, some say it's just a part of it:
    We've got to ful fill the Book

    Won't you help to sing,
    These songs of freedom?
    'Cause all I ever have:
    Redemption songs,
    Redemption songs,
    Redemption songs!

    Emancipate yourselves from mental slavery
    None but ourselves can free our mind
    Oh, have no fear for atomic energy,
    'Cause none of them-a can-a stop-a-the time
    How long shall they kill our prophets,
    While we stand aside and look?
    Yes, some say it's just a part of it:
    We've got to ful fill the Book

    Won't you help to sing,
    These songs of freedom?
    'Cause all I ever had:
    Redemption songs,
    All I ever had:
    Redemption songs!
    These songs of freedom,
    Songs of freedom!

    ResponderExcluir
  2. Redemption Song (Canção da Redenção)

    Velhos piratas, é, eles me roubaram
    Me venderam para os navios mercantes
    Minutos depois eles me jogaram no porão
    Mas minha mão foi feita forte
    pela mão do Todo-Poderoso
    Seguimos nessa geração
    Triunfantemente.

    Você nao vai ajudar a cantar
    Essas canções de liberdade?
    Porque é tudo que já tive:
    Canções de redenção
    Canções de redenção

    Emancipem-se da escravidão mental;
    Ninguém além de nós mesmos pode libertar nossa mente.
    Úh! Não tenha medo da energia atômica,
    Porque nenhum deles pode parar o tempo
    Por quanto tempo vão matar nossos profetas,
    enquanto ficamos parados olhando?
    É, alguns dizem que é só uma parte disso:
    Temos que completar o livro.

    Você nao vai ajudar a cantar
    Essas canções de liberdade?
    Porque é tudo que já tive:
    Canções de redenção:
    Essas canções de liberdade,
    Canções de liberdade.

    ResponderExcluir
  3. E nem gosto tanto de bichinhos de estimação, mas ultimamente tenho tido vontade de ter um Schnauzer ou um shitzu.

    ResponderExcluir
  4. HUm... Eu vi um Sheepdog ao vivo e a cores tb (só conhecia a Priscila, da TV Colosso, dessa raça) e achei lindo!
    Mas é gigante!

    ResponderExcluir
  5. eu li o livro e recomendo.
    é muito bom sim!

    ResponderExcluir
  6. eu vi o filme e não recomendo.
    é muito ruim sim!

    ResponderExcluir
  7. Pausa pra lembrar que no livro o Marley é um Labrador e no filme eles transformaram o cão em um Golden Retriever.

    Deprimente.

    ResponderExcluir
  8. Rafa, não sei se já te falei, mas o Sheepdog é o meu sonho de consumo.

    Até naquele post do consumo conspícuo eu arrumei um sheep dog nos meus desejos.

    Eu amo essa raça desde que eu era um anão.

    ResponderExcluir
  9. schnauzer ou um shih-tzu...
    isso foi MUITO gay.

    ResponderExcluir
  10. rafa todo homenzinho passeando com um auau de madame...
    nãoétendência.

    ResponderExcluir
  11. no mais, bom dia.
    vou-me já.

    e não vejam o filme: não vale a pena.

    ResponderExcluir
  12. A Laurinha é mais valente do que eu, pois essa convivência com pitbull,nunca que pra mim rola. Tão querendo trazer o cãozinho aqui pra eu ver... as sei lá, quase disse o meu "não" definivo. Vamo negociar.

    ResponderExcluir
  13. Eu quero ler o livro e assistir ao filme, mesmo o Taffa recomendando o não... hehehe

    ResponderExcluir
  14. Eu também sinto inveja de quem não tem medo de cão. Aquele cão que apareceu na Fazenda, por exemplo. Meu sonho era abraçar um trenzão daqueles...

    ResponderExcluir
  15. Até já tentamos ter um cão aqui em casa depois de Laurinha. Chama-se “teca”, eu dei nominho pra ela, mas assim, sabem o que rolou? Laurinha e eu ficávamos trancadas em casa e a maldita cadelinha solta no quintal, nunca época que meu quintal era razoavelmente bonitinho. Num era justo, né verdade? Dei a Teca pros outros.

    ResponderExcluir
  16. Eu penso que cão é inteligente, só não fala, né possível. Já vi ou já soube histórias de cães que adivinham ou pressentem coisas que acontecem com seus donos. Algo de doer de bonito.

    ResponderExcluir
  17. Tenho medo de cão, mas considero abominável que maltratem os cães que há por aí. Se bem que, eu sumiria com todos que existem na rua me atrapalhando a andar de forma sossegada. Sumiria não quer dizer mataria, entendem. Daria um jeito de levá-los pra um canil bem ajeitadinho.
    Aqui em Patos tem ocorrido muito isso de cão de rua machucar pessoas. Outro dia, uma criança de seis anos foi hospitalizada depois de um ataque desses cães de rua.
    Eu daria um jeito de castrar inúmeros cães, também. De boa...

    ResponderExcluir
  18. Assim, nem comentei o post, pois esse assunto me dá nervoso...

    Beijosmesalvemtambém

    ResponderExcluir
  19. arráááá sou uma anta, só agora eu entendi o Bob com asterisco... hahaha
    O Marley hahaha muito boa. Minha pititinha é DEMAIS.

    ResponderExcluir
  20. mãe, o que você quis dizer com
    Até já tentamos ter um cão aqui em casa depois de Laurinha.?

    não me soou bem essa frase.
    ahjiusahiuashiuashiuashiashiuahiash

    ResponderExcluir
  21. Olha o Taffa colocando lenha na fogueira, o amigo da onça...
    hahahaha

    É verdade, frase mal escrita dá nisso, né? Vou explicar o que eu quis dizer:

    "Até já tentamos ter um cachorro aqui depois que Laurinha nasceu..."

    Era isso que eu queria dizer, suaviza genteeee, ajuda eu...


    E tem mais, na minha pretensão eu quis ainda dizer que já tínhamos tentado ter um cachorro quando eu grávida de Marininha. Alguém entenderia tudo isso numa frase ridicularmente dúbia?

    Tô perdoada? hauwhauahhekdeqkjehhehe

    ResponderExcluir
  22. Genteeeee, penso que peguei vírus dum texto aqui,só pode... rs

    ResponderExcluir
  23. Taffarillo!

    Eu lembrei do seu post sim, dizendo do Sheepdog!

    E vem cá: cê tá duvidando da minha masculinidade só porque quero um cãozinho de madame???

    ResponderExcluir
  24. É. Maltratar os bichinhos eu acho péssimo tb.
    SE não vai cuidar direito, não tenha um!

    ResponderExcluir
  25. Uma amiga minha tinha um pelado mexicano. Já viram?

    Nem é bonito. Na verdade, é bem esquisito.
    Mas eu confraternizava numa boa com a cadelinha, a Pink.

    ResponderExcluir
  26. Mas eu confraternizava numa boa coim a cadelinha, a Pink.

    é claro né.
    asdhiusdhuiasdhuisdhaiusdhuihsduihds

    ResponderExcluir
  27. Rafa, eu conheço o pelado.
    mas aqui no brasil o povo só chama ele de 'Xolô' mesmo.

    Tive que Googlar pra ver quem era esse tal pelado e 'pluft'! já conhecia.

    ResponderExcluir
  28. Eu amigo da onça?
    eu nem falei nada, pois eu não gosto de intriga...

    ResponderExcluir
  29. Genteeeeeeeee, a Marininha chegou iurúúúú

    ResponderExcluir
  30. E hoje é o dia das frases dúbias.

    Agora o Rafa solta uma: "eu confraternizava numa boa com a cadelinha..."

    ResponderExcluir
  31. E eu não gosto de cãozinho de madame mesmo.

    Aquelas coisas peludinhas pequeninas cuti-cuti são lindas, mas se você dá uma olhada pra feia pra eles, eles já estão tremendo, latindo e achando que são os maiorais.

    não curto aqueles cães barulhentos no maior estilo pinscher, basset e yorkshire.

    ResponderExcluir
  32. Mas eu ADOURO os grandões.

    o Marley seria um que eu adoraria ter.

    s2

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi