quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Tempo: quero de presente

Por Rosana Tibúrcio

Não quero, com este meu post, melar os sonhos de Natal do Rafa ou sair do "quadrado" de Nina e muito menos amargar - contando histórias tristes, pra quem gosta de histórias - os ideais da mais linda Educadora do pedaço. Não, não!!
Vocês já me conhecem o bastante para saberem que abomino exposição de tristeza, dores ou muita reclamação...
Mas dá licença: o tal inferno astral existe mesmo, minhas gentes? Se sim, tô nele. E quando essa merreca passa? Na véspera ou pós-aniversário?
Não quero tanta coisa, além de conservar as amizades lindas que tenho e conquistar outras tantas. Nem o tal amor-sexual-sacana-romântico eu penso em pedir pra presente. É, macacada, ando desanimada que só...
Só quero de presente: dinheiro, saúde, trabalho e tempo. Num-sô-mole-não... arrááááá!!!
Dinheiro - se eu tivesse o suficiente pode ser que conseguiria organizar meu tempo.
Saúde - ando um caquinho, me arrastando; não sei me cuidar sozinha e não acho tempo pra isso.
Trabalho - é até um tanto pecado reclamar disso, pois nesses dois últimos anos, tenho tido trabalho suficiente pra quem gosta de produzir, orientar. Mas se não precisasse trabalhar na senzala doméstica, pode ser que me sobrasse o tempo que tanto desejo.
Tempo - é dele que mais preciso. Queria tanto poder vadiar mais um pouquinho por aqui no Guaraná, no Obra em Progresso e nos outros blogs da vida.
Queria tempo pra terminar o meu "Quando Nietzsche chorou"; iniciar a leitura do livro que Paulinha me deu; ler o que ela me emprestou e, sobretudo, reler Verdade Tropical de Caetano, pois nas idas ao Obra eu sinto necessidade dessa releitura, e ele tá ali na minha estante chamando: "Rôôsaaannaa, vem me ler", assim, na voz de Caê.
Queria tempo pra organizar meus livros e CDs que estão todos num "puteiro de galinha"; e nessa organização catalogar tudo que tenho, limpar um a um... pra tudo ficar bonitinho como eu gosto.
Queria ter tempo pra conversar com filha grande, assim que ela chegasse, sem me preocupar com a hora de dormir pensando: "eu preciso levantar cedo amanhã pra trabalhar, pra postar no Guaraná, pra enxaguar roupa, limpar a geladeira."
Queria tempo, tempo e tempo... para até viver mais uns 52 anos - opppss 53, olha eu querendo ficar mais nova - e quem sabe reaprender tudo, viver numa boa e com mais sabedoria. Só assim eu deixaria esses queixumes de lado.
Tempo pra tudo que desejo fazer, nunca terei certamente, mas uso esse meu tempinho aqui pra dizer aos guaranetes o tanto que eu gostaria que cada um soubesse usar seu tempo com sabedoria. Que soubessem e aprendessem a brincar, sonhar, fazer, planejar, executar; tudo a seu tempo, sem postergar muita coisa, porque esse danadinho, minhas gentes, escorre pelas mãos.
Eu até consigo vislumbrar a vida melhor, no futuro... assim como diz Lulu Santos, mesmo em meio a esse caos. Mas com a experiência que tenho ensino a vocês: façam esse futuro, muito dele depende exclusivamente da própria pessoa...
E que eu viva mais tempo, pra ver todos vocês brilharem, a cada dia mais...

Uma linda quinta-feira a todos vocês, pois nas quintas há algo no ar, e hoje há um misto de queixume, mas também esperança... hoje há um post confuso, cansado e atrapalhado, tal qual eu tô.

Beijos, meus amores.
.

13 comentários:

  1. Tempos Modernos
    [Lulu Santos]

    Eu vejo a vida
    Melhor no futuro
    Eu vejo isso
    Por cima de um muro
    De hipocrisia
    Que insiste
    Em nos rodear...

    Eu vejo a vida
    Mais clara e farta
    Repleta de toda
    Satisfação
    Que se tem direito
    Do firmamento ao chão...

    Eu quero crer
    No amor numa boa
    Que isso valha
    Pra qualquer pessoa
    Que realizar, a força
    Que tem uma paixão...

    Eu vejo um novo
    Começo de era
    De gente fina
    Elegante e sincera
    Com habilidade
    Pra dizer mais sim
    Do que não, não, não...

    Hoje o tempo voa amor
    Escorre pelas mãos
    Mesmo sem se sentir
    Não há tempo
    Que volte amor
    Vamos viver tudo
    Que há pra viver
    Vamos nos permitir...

    Eu quero crer
    No amor numa boa
    Que isso valha
    Pra qualquer pessoa
    Que realizar, a força
    Que tem uma paixão...

    Eu vejo um novo
    Começo de era
    De gente fina
    Elegante e sincera
    Com habilidade
    Pra dizer mais sim
    Do que não...

    Hoje o tempo voa amor
    Escorre pelas mãos
    Mesmo sem se sentir
    E não há tempo
    Que volte amor
    Vamos viver tudo
    Que há pra viver
    Vamos nos permitir...

    E não há tempo
    Que volte amor
    Vamos viver tudo
    Que há pra viver
    Vamos nos permitir...

    ResponderExcluir
  2. Filhoteeee, se você vir alguma coisa muito erradinha, corrige pra mim? Digitei direto no babadinho e sem tempo pra reler.
    Obrigadaaaaaaa!
    Marinete, acordaaaaa - essa rEdícula me fez ir deitar às 4 e tanto da matina e sacam: acordei quase as 9 horas. tô fu...
    Mas eu ri dela...
    Paulinhaaaa, amor de vida meu... apesar dos meus queixumes eu sempre acho um tempinho pra você. Mande o babadinho que olho.

    Beijos aos guaranetes, visitetes e convidetes.

    ResponderExcluir
  3. Pra quem não se lembra: domingo é dia de MEU aniversário!
    hehehe

    eu sou MÁ-RA (botar o acento que o filhote arrumou - fica melhor... hehe)

    ResponderExcluir
  4. Oi cheguei!!
    se eu contar para vcs, que ontem eu fiquei trabalhando ate as 3 e pensei comigo: olha vou ficar mais um tempinho na cama, vou acordar as 9..
    coloquei meu celular para despertar e ele simplesmente acaba a bateria, eu acordo agora, super atrasada...
    to revoltada com o tempo que perdi!!
    ai a primeira coisa que faço é vim no guaraná e encontrou um post sobre o tempo... pq esse post não é sobre falta dele, é um culto ao tempo, ao carpe diem, que esta muito mais presente no estilo de vida da Rosaninha!!
    Rosaninha, como eu tenho liberdade para falar com vc sobre praticamente tudo eu vou falar!!
    não se incomode com essa fase, no meu post antes do meu niver, eu ja falava que estava vivendo um momento conturbado...
    se existe inferno astral eu juro que não sei, mas é uma fase de reflexão de vida, vc gosta de aniversario, e celebrar, como eu escutei ontem: "aniversário é uma data que nos permitimos ter uma motivo para a felicidade".
    e como toda reflexão nos trás questionamentos, podemos ficar mais sensiveis.
    eu não acho que vc se queixe, ou que vc esteja desabando, muito pelo contrario, cada dia eu te vejo mais forte, com mais ideias, cansada sim, e quem não está? mas a beleza de tudo que vc contruiu e vê para o futuro faz tudo ficar mais diferente!

    eu tb quero tempo, demais, ultimamente eu queria um acelerador de particula para poder visitar todos os guaranetes um pouquinho e voltar na minha rotina....
    agora hahahahhaha chorei de rir na hora que eu imaginei vc na biblioteca escutando Caê te chamar em forma de livro e na vozinha dele!!!
    deve ser engraçado demais Rosaninha.
    uma pessoa que pensa, algo tão alegre e engraçado só pode ter tudo de bom da vida mesmo!!

    ResponderExcluir
  5. Rosaninah sobre o babadinho, eu achei que estava muito ruim, to dando uma consertada, mas ate amanha eu te mando, eu fico a tarde no Delta e acabo perdendo horas de serviço aqui..
    volto mais tarde pessoas lindasssss
    a Marina chegou em Patos la la la la

    ResponderExcluir
  6. Rosana, a pessoa do post13 de novembro de 2008 10:48

    Por isso é que eu adoro a Paulinha, ela me admira, ela gosta de mim, ela me liga, vem na minha casa... hahaha

    Moçada, queria um relógio colorido, assim batendo asas, mas só achei esse. Nem era pra eu procurar, mas pensei: já que tô fu, que fuuuu direito... haha
    beijosssss, volto mais tarde, fazer frango com açafrão pra NIna.

    ResponderExcluir
  7. Tempo, tempo, mano, velho, falta um tanto ainda, eu sei, pra você correr macio!

    Se eu tivesse um bocadinho mais de tempo, repartiria contigo, mainha!
    Mas ele tem me faltado também...

    Saindo um reloginho colorido!!!
    hehe

    ResponderExcluir
  8. Rosana, a Tibúrcio13 de novembro de 2008 15:27

    Por isso que eu amo esse meu filhote.
    Agora sim, se é pra ser triste, reclamar e pedir coisas que seja em tons coloridos,né não? hehehe
    beijossss amores.
    Minha grandona saiu com o avô dela, mó gracinha e eu vou tomar banhinho - mó sujinha pra depois trabalhar - mó camelinha.

    .
    Como assim as visitetes vão me desprezar hoje? buáááááá!!

    ResponderExcluir
  9. .. Tempo? o que é isso?
    ..
    mas peraí, agora estou em Patos e mesmo que o tempo passe rápido, pelo menos tenho tempo para aproveitar minha família querida.
    .
    ..
    Ando numa correria frenética e meu tempo já nem existe mais na capital eheheh

    beijocas ..
    volto mais tarde.

    AMO TUDO ISSO!♥!♥!

    ResponderExcluir
  10. Oi pessoas!!! meu computer me permitiu vir aqui!! Amo esta praga!
    "Já que tô fu, que fuuu... direito". Ótima essa Rosanita!. E vc não tá desabando, nem um caco, nem coisa nenhuma. O inferno astral existe sim e domingo vc sai dele. EBA!!!!!!

    ResponderExcluir
  11. Nós somos loucas de fazermos tudo o que fazemos. E fazemos pq temos plena consciência que devemos fazê-lo. Ai! ficou meio filosófico, né? Não era a intenção.

    ResponderExcluir
  12. Vc disse que queria mais tempo pra viver numa boa e com mais sabedoria. Quer mais sabedoria pra que mulher!!
    Vc já tem muita. Viu os PRAS sem acento? hehe

    ResponderExcluir
  13. "Sô mais velha cocê iocê inda minsina
    um monti di coisa.
    Se vc não se queixar um pouco e não quiser sempre mais, é sinal que vc já era.

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi