segunda-feira, 9 de maio de 2011

Era uma vez um castelo..

Tema: Eu me enganei

we♥it


Sempre soube que quando encontramos alguém em quem não vemos muito futuro, devemos deixar isso bem claro e, principalmente, desenhar (sem traços concretos) onde está o limite pra uma futura relação. Então você me questiona sobre o porquê disso. Digo sinceramente: pessoas nos conquistam. Seja por meio de ações, reações, convivência, carência. Entre várias outras coisas, é claro.
E então você não necessariamente decide, mas deixa acontecer. Vai conhecendo, descobrindo, se encantando, deixando o tempo passar e fazer você ir percebendo que estava enganada e que, veja bem, de repente pode ser interessante incrementar a relação, até deixar-se rotular, quem sabe. O controle perde a pilha.
Daí pra criar expectativas, baseadas no que já se passou, viu e sentiu é um pulo pequeno. E então se espera somente coisas boas ou ainda, normais, como já aconteceram. E, claro, como qualquer ser humano, esquece que há decepção, desencontro, desilusão e pimba! é aí, quando você perdeu as armaduras, as máscaras, decidiu pegar de volta a inocência e a vontade de ver e fazer parte de finais felizes, que alguém ou alguma coisa puxa a carta da base e  desarma todo o castelo que parecia intocável.
E então você repete pra si mesma: Eu me enganei. Estava certa desde o início.

14 comentários:

  1. Nada mais a declarar, frase mil vezes melhor do que aquela horrível "nada é por acaso."

    ResponderExcluir
  2. Enfim, mesmo eu dizendo "nada mais a declarar" perco as armaduras e acrescento: nem sempre a primeira impressão é a que vale, mas quando vale dá uma aflição da peste.

    ResponderExcluir
  3. Odeio as imagens que você escolhe. Sem mais!

    bom-dia a todos!

    ResponderExcluir
  4. E pra completar lá vai meu quinto comentário. Não esqueçam do nosso twitter, moçadinha. Alguém aí mais folgado que eu, favô!!

    ResponderExcluir
  5. o :) significa "sabe quando você lê alguma coisa, mas não sabe o que dizer?"

    ResponderExcluir
  6. Eu pensei que essas coisas só aconteciam comigo!

    #drama

    ResponderExcluir
  7. Fiquei com raiva dessa do controle também, viu?!

    Por que é que eu não pensei nisso antes?

    #zéliaduncanfeelings

    ResponderExcluir
  8. O castelo sempre parecerá intocável.
    .
    Eu me engano.
    Você se engana.
    Nós nos enganamos.
    Não é regra, mas ... nem preciso ficar explicando.
    .
    .
    .
    .
    moçadinha, pra quem não sabe fui pra http://www.pirenopolis.tur.br/
    passei um dia, ... que valeu por dez.

    ResponderExcluir
  9. O Rafa postou e apagou de novo?
    RAFAEL FREITAS, KD TU?

    ResponderExcluir
  10. Lendo o texto eu fiquei pensando em como todas as coisas voltam à sua origem. O eterno retorno do mesmo, como diz uma amiga minha.

    Bem, de mim eu espero que o meu engano pare onde eu percebi que estava enganada da primeira vez, rsrs. Tenho o defeito de acreditar piamente no que existe dentro das pessoas.

    =)

    ResponderExcluir
  11. O eterno retorno do mesmo, vou guardar essa frase, Nina.

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi