segunda-feira, 2 de maio de 2011

Decidam por mim.

Tema: profissão em que jamais atuaria

weheartit


Eu, honestamente, ainda não sei qual a minha profissão. Muito menos a que terei daqui alguns dias, anos ou décadas. Ou, mais grave ainda, a que eu quero ter.
Sei do básico: não curto história, matemática, física e química. Geografia é quase piada pra mim. A partir daí exclui-se mais da metade das profissões para minha cartela de escolha. Biologia também podemos descartar, tenho medo de lagartixa.
Algumas coisas mais populares, como ajudante de pedreiro, frentista e cabeleireira também estão descartados, assim, de cara. Outros não me lembro, por hora, ou estou só cansada pra isso.
Por fim, e rapidamente, considerando toda a minha confusão mental profissional, aliás, não apenas profissional, mas em relação à grande maioria das coisas em minha vida e, também, da vida alheia e, também, devido ao meu comportamento compreensivo e,  por não ser uma daquelas pessoas que tomam partido e escolhem um lado pelo qual lutar, concluo que estaria fora de minhas responsabilidades o grandíssimo desafio de ser juíza, portanto.
É isso. 

21 comentários:

  1. Meu voto vai para Redatora publicitária!

    ResponderExcluir
  2. Rola uma projeção das minhas vontades será???

    #drama

    ResponderExcluir
  3. Gente, tentem imaginar a Laura como ajudante de pedreiro!

    haha

    ResponderExcluir
  4. o fato de não saber qual profissão quer ter não te transforma em alguém ruim, muito pelo contrário.

    muito melhor sentir-se indiferente aos que estão desesperados sem saber que profissão devem seguir.

    ResponderExcluir
  5. ficou tão verborrágico o que eu falei.

    enfim, resumo (LEIA A SEGUIR): não se lixe pra isso. BLARGH

    ResponderExcluir
  6. Ajudante de pedreiro foi dica minha. Anotem aí: sou lynda!

    ResponderExcluir
  7. Rafa e Laura: dois irmãos parecidos.

    ResponderExcluir
  8. E limpa sua boca, Laura, se quiser responder ao meu comentário anterior.

    ResponderExcluir
  9. Falando em comentário, o primeiro do Taffa foi algo assim, não verborrágico, como ele insinuou no segundo comentário. Foi uma bosta mesmo!!
    hahauyahaushsua

    ResponderExcluir
  10. Taffa, eu te amo, tá? Inda mais que cê ensinou pra gente como coloca legenda em fotos.
    Seu NOSSO lyyyndo, cuja profissão poderia ser: MESTRE.

    ResponderExcluir
  11. Preciso muito puxar o saco do Taffa, porque aquela bosta lá pode feder.
    Enfim!

    ResponderExcluir
  12. Voltando ao post é preciso esclarecer que quem tem medo de lagartixa não pode, também, ser mãe, nem ajudante do lar.

    Ou vai me dizer que deixará as bichinhas pegando suas crianças?

    ResponderExcluir
  13. E viva a nossa mais linda publicitária.
    E viva o mês de maio.

    ResponderExcluir
  14. rosaninha, ce tá com a boca muito suja. que que foi?

    ResponderExcluir
  15. QUE CRIANÇA OQUE VOU TER CRIANÇA NAO

    ResponderExcluir
  16. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    sou cachorro não .. só faltou isso no seu último comentário
    .
    .
    você professora ... imagina se fosse de criança? .. coitado dos alunos, cof cof cof

    ResponderExcluir
  17. olha, não quer ter criança. mas pode ser babá, pra cuidar das minhas, que tal? hasdfuihsadiufhsadfas

    ResponderExcluir
  18. ai marina.. eu só substitui criança por cachorro
    alias, o contrario

    ResponderExcluir
  19. Sabe aquelas pessoas que levam os cachorrinhos pra passear? Tem até um termo certo pra isso.. Esqueci. Nos EUA fazem bastante sucesso.

    ENTÃO!

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi