sexta-feira, 22 de outubro de 2010

A câmera que fotografa os dias*

Tema: fotografar ou ser fotografado?
Por 
Taffa

Imagino que todas as pessoas do mundo gostam de fotografias. Há aqueles que preferem tirá-las e outros que preferem ser retratados, como eu, mas todos possuem a mesma paixão pelos registros porque eles eternizam os nossos momentos de um jeito que nem mesmo as filmagens conseguem fazer.

Acontece que eu considero a fotografia de hoje um pouco menos formosa do que a de antigamente. Na época das máquinas de negativos, quando era necessário comprar rolos com poses limitadas e juntar toda a família para bater uma foto, os registros tinham muito mais sentimento. Tirar uma foto era um grande evento.

Com o advento das máquinas digitais, fotografar se tornou algo mais tátil. Qualquer pessoa em qualquer ocasião poderia tomar as rédeas da situação e registrar aquele instante. A fotografia perdeu a realeza porque o que a fazia tão harmoniosa se tornou algo previsível, onde muitos repetem as poses dezenas de vezes apenas para conseguir aquela foto desejada.

As mídias sociais também estragaram a fotografia. A nova modalidade de “fotos lindas que merecem ir para o álbum do Orkut” fez com que a singularidade delas se perdesse num infinito de imagens cheias de poses desconexas como: biquinhos, coraçõezinhos com as mãos e caretas estranhas (que eu juro que nunca vou entender o porquê).

Gosto de admirar belas fotos, mas não de tirá-las. Aprecio ver um profissional que ainda trabalha com máquinas analógicas, mas não tenho uma (pois também migrei para a era digital). Enfim, nesse intenso bate papo sobre fotos e registros, o meu quinhão eu prefiro deixar por aqui, só que diferente: por escrito.

*Título inspirado na música “A câmera que filma os dias”, composta por Ana Carolina e Totonho Villeroy. Uma das minhas favoritas da artista.

26 comentários:

  1. Eu concordo com você Taffa, sobre isso de fotos mais antigas representarem um evento.

    ResponderExcluir
  2. Eu só tenho um jeito de tirar foto mesmo, agora, na era digital: cara pra frente pra disfarçar o papo... e abomino as que pegam meu barrigão.

    Confesso!!

    ResponderExcluir
  3. Máquina digital está para a analógica quase como o CD está pra vinil.

    ResponderExcluir
  4. Taffa, é você e mamitas? Linda a foto... cuti cuti..

    ResponderExcluir
  5. Eu concordo com você Taffa, sobre isso de fotos mais antigas representarem um evento.[2]
    .
    Também concordo com a era digital ter se tornado algo previsível.
    .
    Não gosto de poses prontas. Por isso o meu gosto por paisagem é maior, mas quando preciso tirar foto de "gentes" prefiro algo totalmente espontâneo, o valor é maior.
    .

    ResponderExcluir
  6. Ei linda...obrigada pelo seu comentário, realmente fiquei muito feliz! Se precisar de ajuda para o seu "novo projeto" ficarei feliz em ajudá-la ^^
    e sobre o post: eu amooo tirar fotos e eu concordo com vc que tirar fotos hj em dia nao eh como antigamente..
    Maquinas analógicas, bom pq vc guarda as fotos como lembranças e dificilmente vc vai perde-las...
    Maquina digital, bom pq eh mais facil e pratica, se tem uma foto q nao gostou, é soh apagar..mas eh ruim pq apenas guardamos no computador, se precisar formatar..ja era, perde tudo!

    Enfim, o bom é ter as duas, pra qndo quiser recordar, tira com a analogica, se quiser apenas colocar no orkut, tira com a digital. kkkkkk
    bjos

    ResponderExcluir
  7. Olha, não entendi esse último comentário.
    Tenho minhas hipóteses de como foi que ele surgiu, mas deixa pra lá.

    ResponderExcluir
  8. Eu realmente penso que fotos antigas tinham certa 'realeza'. Hoje tudo isso se perdeu.

    ResponderExcluir
  9. Vou mudar a foto e colocar uma foto minha e da minha mamita.

    Eu ERA LOIRO E LINDO, GENTE.

    ResponderExcluir
  10. Máquina digital está para a analógica quase como o CD está pra vinil.

    Eu penso exatamente assim.
    Embora as atualidades(máquinas digitais e cds) tenham mais funções, sejam mais compactas, possuam mais capacidade do que as antigas e tudo mais, existem pessoas que ainda preferem os equipamentos antigos.
    Há muitos DJs que, se perguntados qual mídia de som preferem, falariam que o vinil é muito superior ao cd. O mesmo para as câmeras de negativo.

    ResponderExcluir
  11. Realmente as fotos antigas eram mais bonitas e naturais...aquele expectativa de saber se todas tinham saído, se a luz ficou boa! A pouco tempo meu pai achou um filme perdido...tinha umas fotos da minha 8ª série...eu adoro quando acho esses filmes!

    ResponderExcluir
  12. A Marina foi no blog da moça ela vem aqui e lasca um comentário sem ver se o blog é comunitário, ou seja, não leu o início do post onde indicava o nome do Taffa...

    Não aguento esses trem


    Taffaaaa, ela te chamou de ela...
    hahahaha choro!

    ResponderExcluir
  13. nesse momento eu não me lembro quem exatamente. mas alguém já me disse não gostar de fotografia.

    com certeza eu não devo mais lembrar quem é porque apertei shift + del, porque né? como é possível?

    ResponderExcluir
  14. só o taffa e minha mãe (quem sabe eu um dia?) para usar a palavra ADVENTO num texto.
    huaishuiashsiuah

    ResponderExcluir
  15. também concordo com a importância da fotografia que se perdeu com o tempo.
    e lamento.

    ResponderExcluir
  16. embora considere a oportunidade de tirar tantas fotos e a possibilidade de registrar momentos espontaneos e oportunos tão bacana, também não curto a 'orkutização da fotografia', embora eu abuse de caretas. haha

    ResponderExcluir
  17. mas as fotos que mais gosto (e que pouco conheço) são as espontâneas e cheias de caretas da época não-digital.
    não ter aquelas poses posadas é um charme.

    ResponderExcluir
  18. o mais engraçado era a espera. que agonia pra ver as fotos

    quando eu tinha nove anos e fui pra terra de vocês pela primeira vez, fiquei com uma analógica na mão e só tirei foto de um chafariz de Poços de Caldas. Queria tanto, mas taaaaanto ter aquele chafariz na minha mão que resolvi abrir a máquina pra tentar vê-lo. Chorei muito na hora que recebi elas reveladas todas vermelhas.
    Quem é que chora por uma foto estragada hoje?

    mesmo as queimadas tinham realeza

    ResponderExcluir
  19. comentário gigante falando de mim, tô vendo a Rosana soltar mais um "Não aguento esses trem" uaehoiaehiouah

    ResponderExcluir
  20. Camilinha, você pode tudo!!! Já é das nossas, fia...rs

    ResponderExcluir
  21. Brant Ribeiro contra a banalização da fotografia!

    ResponderExcluir
  22. Gostei dessa ideia, principalmente porque eu não vivi o "evento" para fotografia.
    Pra não falar que não tenho nenhuma foto de quando criança, tem um álbum aqui de quando eu tinha meses e meu irmão mais velho quantro anos e outro do meu terceiro aniversário...

    ResponderExcluir
  23. Eu sinto falta de muitas fotos da minha infância.

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi