quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Ao Zé Mané Furreca

Tema: Missiva pra quem não gosto tanto
Por: Rosana Tibúrcio


Não sei o seu nome e não quero saber. Você é meu vizinho, mas nunca fui na sua casa nem quero ir. Inda bem que não é vizinho de frente nem das laterais, mas é vizinho o suficiente pra me torrar o saco quando liga aquela furreca velha e ridícula.
Juro, sonho com um dia em ir até à janela de sua furreca, quando você estiver lá dentro com o pé no acelerador e gritar bem alto: vai pra puta que te pariu, seu imbecil.
Sem mais, seu Zé Mané Furreca. Você já deu o que tinha que dar, aliás deu caldo azedo pra dois post meus: esse aqui e esse outro lá no Outras trilhas, feito há um ano e dois dias.
Recolha-se, portanto, à sua insignificância e passe muito mal!

.
Uma linda quinta-feira pra todos vocês, pois nas quintas há sempre algo diferente no ar e hoje há em mim, vontade de mandar missiva pra esse meu desafeto, porque carta a gente manda pra quem ama.


5 comentários:

  1. O MAIS engraçado é que você xinga o cara e depois deseja uma "linda quinta-feira".

    MOR-RO DE RIR!

    ResponderExcluir
  2. Acho até que já presenciei isso, não?

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi