quinta-feira, 25 de março de 2010

A saudade é uma estrada longa...


Tema: música
Por Rosana Tibúrcio



Para o Almir Sater e Paulo Simões a saudade não é boa nem é ruim, mas pra mim ela é mais boa que ruim, pois representa tempo bom, de crença nas pessoas e na vida.
Eu tenho saudade de músicas, de cheiros, de tempo (vento, sol, chuva, brisa, calor...) de toques e gostos.
Eu tenho saudade:
. de comer os sonhos de minha avó, as rabanadas de minha mãe e os suspiros de minha tia;
. do meu primeiro namorado e de como andávamos pelas calçadas da cidade onde eu morava;
. dos pilequinhos que tive no meu tempo de solteira;
. das "horas dançantes" – hoje denominadas “baladas”;
. do tempo em que fui feliz no casamento;
. das vezes que fiquei grávida;
. de amamentar as maluquinhas;
. das minhas filhas pequenas;
. da época em que eu trabalhava no Banco;
. da época em que eu tirava férias convencionais, tinha sábados, domingos e feriados de folga;
. da minha casa cheia das minhas gentes: guaranetes, convidetes e visitetes;
. do tempo em que eu acreditava em amores virtuais, ouvia esta música e ficava sonhando... sonhando...
E você, tem saudade de quê? Diz aí...
.
Uma linda quinta-feira pra todos vocês, minhas gentes, pois nas quintas há algo diferente no ar e hoje há saudade de tudo isso aí e das quintas em que, logo de manhã, meu post tava pronto e acabado.
.
A Saudade é uma Estrada Longa
Composição: Almir Sater / Paulo Simões
A saudade é uma estrada longa
Que começa e não tem mais fim
Suas léguas dão volta ao mundo
Mas não voltam por onde vim

A saudade é um estrada longa
Que começa e não tem mais fim
Cada dia tem mais distâncias
Afastando você de mim

Tantas foram as vezes
Que nos enganamos
Outras vezes nos desencontramos
Sem nem perceber
Mesmo sem razão eu quero lhe dizer
Sem intenção
Ver tudo se perder
Dói tanto, tanto

A saudade é uma estrada longa
Nem é boa e nem é ruim
Vou seguindo sempre adiante
Nunca volto,
Eu sou mesmo assim

A saudade é uma estrada longa
Que hoje passa dentro de mim
Me armei só de esperanças
Mas usei balas de festim

22 comentários:

  1. Correndinho, minhas gentes.
    Post meia boca que é pra não ficar sem postar.
    Sinto muito, filhote, estraguei sua terça prolongada.

    Mas diz aí, cê tem saudade de quê?
    beijos e de volta à SI.

    ResponderExcluir
  2. Já te falei: saudades das conversas que ainda não tivemos. Bj

    ResponderExcluir
  3. De nossas conversas Helô? Também tenho e quanto a elas: "tereremos, tereremos" muitas, verá.

    Falando nisso, em julho te espero aqui na III CAGC, ok?

    ResponderExcluir
  4. Genteeeee, morram de inveja: falei com a Paulinha inha inha hoje. Ela me ligou ôu ôu. Ela também tem tim im im - iurúú´!

    ResponderExcluir
  5. Eu também falei com a Paula!

    E sem querer esnobar muito: estarei com ela no fim-de-semana!

    irrrul!
    Ponto pra mim!

    ResponderExcluir
  6. E da bisnaguinha com requeijão em Patos, que é diferente.
    rs

    ResponderExcluir
  7. E tem horas que eu nem acho a saudade tão boa asssim.

    Dói.

    ResponderExcluir
  8. Eu tenho saudade da minha pré-adolescência, quando eu brincava com alguns amigos durante os finais de semana.

    ResponderExcluir
  9. Eram muitos jogos de tabuleiro. êta. aquilo dá saudade.

    ResponderExcluir
  10. Ainda não tenho saudade da faculdade não. Muito recente. quero férias daquilo por muitos anos ainda.

    Lá pra 2020 eu penso em ter saudade.

    ResponderExcluir
  11. Eu tô com saudade - agora - do Whopper delicioso que comi em Brasília junto com a Nina.

    ay g-sus.

    ResponderExcluir
  12. principalmente quando não é a nossa


    RISOS

    ResponderExcluir
  13. do meu primeiro namorado e de como andávamos pelas calçadas da cidade onde eu morava;

    quem visualizou eles pulando de um pé só ou andando como se tivesse os pés amarrados ou ainda de costas dá RT!

    ResponderExcluir
  14. das minhas filhas pequenas;




    ou seja: só de mim porque ainda sou pqna.

    ResponderExcluir
  15. eu tenho saudade de tudo que ainda não vivi.




    [frasesclichês.com]

    ResponderExcluir
  16. Rafael Freitas disse...
    E da bisnaguinha com requeijão em Patos, que é diferente.
    rs



    comida DETECTED

    ResponderExcluir
  17. A Laurinha tem que "tirar" o Rafa, né possível.
    Acho que rola um ciúme dele também... rs

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi