quinta-feira, 30 de abril de 2009

Escambo? Não!!!

Por Rosana Tibúrcio

imagem

Isso de trabalhar por conta própria nunca é rotineiro.
Clientes, quantidade de serviço, estilos de texto, ajustes possíveis e outros nem por milagre; revisões complicadas; aplicações das normas da ABNT e blablabláss
Essas variações que acabei de citar são rotineiras na minha vida.
No que se refere ao preço do meu trabalho: a forma e o valor do pagamento, isso também tem uma certa variedade, mas o que eu vou receber não.
Exijo o pagamento (assim, como todos os normais que vivem neste mundo de mudanças tecnológicas e globalização* hahaha) em: reais, bufunfa, cash, gaita, moeda, pratinha, dinheiro (se possível catadinho na hora, do pé... rs) cheque, tutu, grana, seja lá que nome se dá à espécie.
Vejam o que aconteceu recentemente comigo, juro que não foi uma abstração de minha cabecinha pensante.

Eu: então, tantas páginas pra eu colocar nas normas e revisar se a linguagem está adequada é tanto; metade agora, metade quando te entregar tudo prontinho.
Cliente: seu telefone é de cartão?
Eu: como?
Cliente: você usa cartão telefônico no seu fixo e no celular?
Eu (neste ponto da conversa achando, seriamente, que dialogava com outra pessoa e sobre outro assunto): hãn? Como assim, se uso cartão telefônico? Meus telefones são de conta, não tô entendendo.
Cliente: se você tiver telefone de cartão eu te passo cartões no valor do trabalho, fica melhor pra mim...
Eu (com um olhar de matar elefante, hipopótamo ou jacaré e o “ímpio” subindo peito acima): tá louco? Essa época já passou. Isso aqui não é escambo.
.
Falando a sério, minhas gentes: eu mereço????
.
Uma linda quinta-feira pra todos vocês, pois nas quintas é dia de terapia pra mim. Hoje vim desabafar sobre esse desaforo e pedir solidariedade a vocês. Né possível, ninguém merece!!!!
.
* a criatividade impera, minhas gentes. Juro, não há um projeto, monografia sequer, daqui duma faculdade, que não haja esse tal "mudanças tecnológicas e globalização", por mais que eu queira enfiar na cabeça dos orientandos a necessidade de inovação textual eles não aceitam, pois os orientadores de lá, os oficiais, assim exigem... Há razão pra proposta de um escambo, não??? rs
.

24 comentários:

  1. Rosana, a postante30 de abril de 2009 11:25

    Meus amores, rindo aqui comigo mesmo.
    Queria tanto aprender a postar "miudinho", sacam?
    Até consegui diminuir o tamanho do babadinho, mas invento de fazer uma referência e ela quase ficou maior...
    hehehe
    Beijos, gosto dessa música, mas vou pedir à Laurinha pra me indicar outra.

    ResponderExcluir
  2. vamãe, essa música é oferecida especialmente à você, você que só pensa em grana, meu amor!
    hahaha

    [não mandei ninguém mandar eu indicar outra coisa.. eu não só indico como substituo. mas não há garantias de que o resultado será positivo.]

    faleidemais,beijos.

    ResponderExcluir
  3. vamãe = mamãe na minha língua de primeiro comentário do dia.

    ResponderExcluir
  4. rosana, por que você não chutou ela?

    ResponderExcluir
  5. Narina, tem bilhete lá no seu post, ok?

    ResponderExcluir
  6. Como assim pagamento em cartão telefonico? rindo horrores... se ainda fosse em ovomaltine ou trident rs.

    ResponderExcluir
  7. Ja recebi como pagamento um ar condicionado... rs.

    ResponderExcluir
  8. Então, se fosse ovomaltine e trident, né? Ou creme nivea... hahaha
    Ou mesmo um homem!!!!! hahahaha

    ResponderExcluir
  9. Laurinha, não precisa trocar a 'musca' já que gosto do gostosão do Zeca Baleiro e muito de dindim. Inda mais que não ganhamos na mega-sena, né?

    ResponderExcluir
  10. Genteeee, jogamos, Laurinha e eu na mega-sena ontem. Resultado: Ela acertou UM número apenas e eu... bom, eu, eu, eu não acertei NENHUM!

    Vou acabar acreditando naquela frase imbecil: "nada é por acaso", ou seja, serei eternamente pobre... (tá escritim nas estrelas: Rosana, a podre).

    ResponderExcluir
  11. Mas me pagar com cartão de telefone o cacete. Peguem esses cartões e enfiem nos cuuuuuuuuuuuuuuuuuuuubículos de suas entranhas...
    hahahaahahahahaha

    Eu SE divirto.

    ResponderExcluir
  12. Jéss, o ar condicionado ao menos funcionava??

    Meus sais.

    Falando em dinheiro moçada, lá vou eu Procon afora tentar recuperar valor que a fdp da minha operadora telefônica cisma em me cobrar indevidamente.
    Ninguém merece!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  13. Alguém tem notícias da Flavíssimaaaa??? Poxa, começando a ficar preocupada com a bichinho oxente!!!!

    ResponderExcluir
  14. Pagamento com cartão telefônico???
    REdículoooo!!!

    hahahaha

    ResponderExcluir
  15. Gente, eu sou pobrinho mas nunca ia fazer uma proposta dessas!

    ResponderExcluir
  16. mas aqui rosaninha, você podia ter proposto a ela pagar com creme nivea e trident mesmo...

    ovomaltine nãopoooooooode

    ResponderExcluir
  17. Rosanita o ar condicionado funcionou super bem os ultimos 4 anos... até ontem que ele não gelou rs. Mas como o danado ja me deve 4 meses vou querer uma manutenção.

    ResponderExcluir
  18. Pagamento em creme nívea eu acho ótemo também... mas o melhor de tudo são as notinhas em reais mesmo rs. Prefiro!

    ResponderExcluir
  19. Nossa Laurinha, eu nem tô brava, sou tão do bem...
    E como assim, ovomaltine não pooodeee? repressora.
    Cadê minha Ninaaaaaa???

    ResponderExcluir
  20. Rindo muito com este pagamento.Se fosse de cartão de orelhão ainda tinha recuso de fazer bolsas recicladas.hahaaha.

    ResponderExcluir
  21. Ehhh, Denise!
    Tô mal demais na fita, pô... em pleno feriado e sem postante na sexta, sem convidado no sábado meu post num tem nem trinta comentários?
    Como assim? Isso destrói a gente... tchin tchin tchin

    ResponderExcluir
  22. Eu também já recebi proposta horrivel.Teve uma que queria bordados em toalhas (4 jogos de casal) em troca de lavar minha roupa .Nossa ,será que tenho tanta roupa suja.hahaha

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi