terça-feira, 6 de janeiro de 2009

À benção Marininha


Marininha sempre foi muito ligada à família. Ainda na semana passada, mais precisamente no sábado, ela estava em Pouso Alegre e resolveu entrar em contato com Aninha Tibúrcio, que há anos não via. Adorou!
E alguns parentes queridos dizem assim pra ela:

Mar e terra
Anda e nada
Rema e corre
Indo e vindo
Nada e anda
Abraçando
............ Uma neta
............ Uma jóia
............ Uma flor
.......................... Desde um
.......................... Do um
.......................... Do oitenta e um
............ Até hoje
............ Até sempre
[de A a Z (de Avô a Zarico)]


Marina: vi nascer e crescer. Hospital Nossa Senhora de Fátima Monte Carmelo, Nova Venécia, Patos de Minas e agora Brasília.
Quando em Nova Venécia, ia buscá-la todas as férias, desde pequenina e em Patos de Minas, fazíamos a festa, andávamos de coletivo só para ver o barulho da porta do ônibus, no abrir e fechar, nas entradas dos passageiros. Passeávamos de moto a cidade toda e íamos a pé para a casa de Dona Gasparina só para vê-la descrever o caminho: Posto Ipiranga, Colégio da Tia Hélida, Copasa e só virar agora...
Que você continue essa menina esperta que sempre foi e que Deus ilumine seus caminhos, muito sucesso na vida pessoal e profissional, porque você sabe que essa sua tia deseja o melhor pra você.
Um beijão carinhoso.
Nelma


Marina
Falar de você é fácil, desejar o melhor para você, mais fácil se torna.
Amei ser sua babá 2 anos e meio, quando morava em Nova Venécia (ES). Ensinar para você cantigas de rodas e gestos era muito fácil, aprendia com vontade para subir no palco da AABB e demonstrar às pessoas o que sabia cantar.
E naquele tempo escrevi num caderno todas as suas travessuras, suas perguntas e outras coisitas mais.
O tempo foi passando e mesmo eu não estando perto de você, continuo esta titia coruja que gosta de ouvir sua voz, de saber que está bem na sua vida profissional e em tudo que é do seu convívio.
Agradeço de coração tudo que você faz por mim. E hoje mais do que nos outros dias te desejo tudo de lindo que a vida possa te dar.
Paz e muita saúde, porque o resto a gente corre atrás.
Beijo e parabéns pelo seu aniversário.
Tia Denise


Mais que uma simples mulher,
Algo que todo mundo quer,
Raridade é o que ela é.
Intrigas é o que ela não faz,
Novidade é o que ela traz,
A Marina me satisfaz.

Reis é o seu sobrenome,
E da realeza vem o seu nome.
Imagina se não estivesse aqui para me completar,
Seria só eu, sozinha, sem ninguém para admirar.
Família Ferreira Silva – Por Mariana Ferreira Silva




Além do avô, tios e primos que amam nossa aniversariante há mais alguém, pra lá de especial.

Marina,
Na década de setenta conheci seus pais que namoravam. A amizade fortaleceu-se precisamente em setenta e seis quando frequentávamos a Faculdade. Desde então passaram a chamar-me de "Dindinha".
Seu nascimento foi motivo de dupla alegria: filha de amigos e agraciados para sermos seus padrinhos; ganhávamos uma afilhada de verdade!
Sempre acompanhamos seu desenvolvimento, suas façanhas, mesmo de longe...
Rimos e choramos com você e por você; foi sempre lembrada em nossas orações.
Gostamos de você, lhe admiramos e queremos muito bem.
Desejamos que realize tudo que almeja. Para isso, elabore seu projeto de vida com objetivos bem definidos e certamente alcançará tudo o que de melhor for para sua vida.
Continue sendo essa "figura" simpática, atraente e carinhosa para com todos os que lhe são caros.
Parabéns, feliz aniversário!
Beijos,
seus padrinhos Edna e Totõe – Por Dindinha.

(Obs.: na colagem das fotos uma diferença de 27 anos. A primeira, dias antes de um ano e a segunda, dias antes de 28. Reparem: o jeito com o bocão é "quinem".
.

7 comentários:

  1. Rosana, a mãe da Marininha...6 de janeiro de 2009 09:30

    Bom-dia, pessoas!!!
    Filhote, eu adorei a música de ontem que você colocou pra Nina, mas esta o vovô Baltazar sempre cantava pra ela. Pena não ter achado com o Gil, que gosto mais.

    ResponderExcluir
  2. Tem um babado, né? Talvez ela nem leia o post de hoje, pois está nas rodovias da vida...

    ResponderExcluir
  3. nossa, q delícia de família...
    todo mundo tão carinhoso...
    e a costura da Rosana é a melhor...
    bjuxxxx

    ResponderExcluir
  4. O irmão abandonou a irmã. A Paulinha tá viajando, eu gripada que só, a aniversariante viajando. Se não fosse a visita da Flávia, isso aqui tava jogado às moscas.

    Genteeeeeeeee ingrata... hehe

    ResponderExcluir
  5. os postiços servem pra isso... rs
    logo a Nina tá por ai pra te encher de mais alegria...
    bjao.

    ResponderExcluir
  6. Não!!!
    Nem abandonei ninguém!
    Só me atrasei um bocado...
    rs

    Eu quero conhecer a casa da Tia Hélida. A Marina e a Ana falaram tanto no sábado que eu tô doido de curiosidade!

    Agora, eu não sabia disso de cantar no palco pras pessoas!
    Valeu pela inmformação, Tia Deusa!!!

    ResponderExcluir
  7. Bom-dia, amores.
    Pensei que já tinha post de Paulinha.
    Alguém sabe da Paulinha? Ela vai postar hoje?
    Rafaaaaaaaaaa, me dê notícias. Mais tarde volto pra ver se tem alguma coisa por aqui.
    Tô assim, meio de caminha... dor, dor, dor... Nem consigo ler direito.
    beijosssssssssss

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi