sábado, 21 de julho de 2012

Linguiças Quæ Sera Tamen*


Tema: Preparando um jantar
Por Taffa

Linguiça acebolada ou, como realmente parece, cebola linguiçada.

Certa vez, Rosaninha e eu estávamos conversando sobre as gordices do dia a dia e descobrimos que sentíamos um amor desmedido e incontestável pela cebola. Naquele dia, combinamos que numa próxima oportunidade faríamos um picadinho acebolado bem caprichado para comer sem culpa e apreciar demoradamente a iguaria.

Isso aconteceu há mais ou menos dois anos e desde aquela data sempre tentávamos marcar algum dia para colocar o plano em prática, embora toda vez ocorresse algum fato que impossibilitasse a ideia. Felizmente, desta vez vim para Patópolis com mais tempo e nosso sonho quase utópico pôde finalmente tornar-se realidade.

Rosana boUUUa com seu novo (e lyndo) corte de cabelo e avental idem.

Com tudo combinado, esperamos (Eu e o Vanderley, vulgo Limão) a hora marcada e zarpamos para a casa da boUUUa, já com as barrigas roncando e preparadas para comer, repetir e lamber o prato. Rosaninha avisou que iria para o fogão cerca de duas horas antes do horário combinado, pois queria deixar tudo impecável, e isso só contribuiu para que ficássemos com mais vontade ainda de nos empanturrar.

Rosana boUUUa contando um causo pro Limão e tímida com a câmera,
Nayara no fogão fazendo uma torção inacreditável com o pé direito,
Vanderley Limão interessado no causo contato pela Rosaninha
e eu lyndo atrás da câmera.

Assim que chegamos lá, fomos para a cozinha ajudar a terminar os pratos e o Limão picou precisamente um quilo inteiro de cebola para colocarmos na comida. Nayara, outra amiga nossa, também estava presente e ajudou a finalizar os preparativos do banquete enquanto abríamos uma garrafa de vinho e a apreciávamos antes de toda a comilança.

boUUUa dando pitacos e ensinando pra Nayara todos os segredos
mais sombrios e macabros para temperar uma refeição.

Na hora do jantar, já com todos à mesa, pudemos nos servir à vontade de arroz branco, feijão, inhame e uma enorme travessa de linguiça com cebola. Foi um momento de muito silêncio, pois estávamos muito ocupados com a boca cheia e, claro, comemos e repetimos até as órbitas dos olhos estufarem.

Limão comendo a primeira vez (das oito que mandou pra dentro).

Depois disso, ficamos conversando bobagens e rindo por horas, com destaque para as três únicas piadas que a boUUUa sabia contar e a história tragicômica de vida do Limão. Comemos também guloseimas e tomamos o já conhecido Café Quiçá, desta vez preparado tanto na sua receita original quanto sem açúcar, para alegria do Limão que adora café amargo.

boUUUa e Nayara sendo lyndas.
Pós-comilança!

No final da noite tiramos algumas fotos e marcamos a altura do Limão na Parede da Fama, fechando uma ótima visita que foi, de longe, a melhor que fizemos nesta vinda a Patópolis.

Limão assinando sua altura na parede da fama.

Até a próxima!

Só gente lynda.

* Linguiças Quæ Sera Tamen significa “Linguiça, mesmo que seja tarde”, semelhante à frase Libertas Quæ Sera Tamen da conhecida bandeira de Minas Gerais e que a história, bem, vocês já devem saber.

37 comentários:

  1. Gente, o que é aquele pé direito da Nayara na terceira foto??

    Como ela conseguiu fazer aquilo?

    ResponderExcluir
  2. A boUUUa tá com um corte novo e todo style!


    Ficou jovem, ficou glamour, ficou O PODER (como diria o Limão)!

    ResponderExcluir
  3. Embora a Nayara não gostasse de cebola, ela foi super amistosa e deixou que cebolássemos tudo sem que se incomodasse.

    pra vc nay -> s2

    ResponderExcluir
  4. Última foto do post: vou mandar revelar e fazer um poster pra ocupar a parede do meu quarto.

    ResponderExcluir
  5. Genteeeeeeee, que delícia desse post.
    Igualzin foi!!

    ResponderExcluir
  6. Olha que pra eu fazer dois cafés só pra agradar uma visita essa visita tem que ser muito agradável.

    De limão só tem o apelido, porque é doce, doce.

    Meio atrapalhado. Mas doce.

    ResponderExcluir
  7. O pé da Nayarinha precisa ser mesmo comentado. Que coisa!!! hehe

    ResponderExcluir
  8. também não sei como consigo, mas tenho prática em poses estranhas, acostume-se. hahaha

    ResponderExcluir
  9. Foi uma delicia ontem, menos a cebola, mas eu relevo, porque sou gracinha! ;)

    ResponderExcluir
  10. Gente, eu não botei reparo na Nayarinha tirando as cebolas. Tadinha. Nunca que eu percebi tudo isso.

    Se tivesse falado comigo eu teria feita cebola sem açúcar oppps, sem sal, também pra você.

    ResponderExcluir
  11. Detesto cebola, mas invejei todo o resto rsrsrs.
    Saudadeee

    ResponderExcluir
  12. Gente, esperaram eu ir embora de Patos pra fazerem isso. Pq será ah

    ResponderExcluir
  13. Queremos um jantar (com outro cardápio) para todos os guaranets, convidets, agregadets e amiguets.

    ResponderExcluir
  14. Inclusive pensando (aleatoriamente) na data de: 16 de novembro.

    ResponderExcluir
  15. Mãe, tamparam voce nessa ultima foto...nao te amam realmente

    ResponderExcluir
  16. Saudades das paradas exclusivas de Nayara Abreu.

    ResponderExcluir
  17. Lembrando que: vi a foto e achei que era macarrão.

    ResponderExcluir
  18. estava pensando em escrever:
    inveja define

    ...
    mas depois de ver o pé da Nayara, meu Deus do céu, medo realmente define.
    o que foi aquilo?

    ResponderExcluir
  19. Odeio cebola, mas comeria a linguicinha sem problema ..
    :)

    ResponderExcluir
  20. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  21. Vanderley (Limão)22 de julho de 2012 15:11

    foi tudo ótimo... a conversa foi o melhor... as companhias foram ótimas... mas a parte que comi oito vezes é mentira, afinal foram só seis... o Café foi ótimooooooo!!! as companhias foram o PODER, o café, nada define se não o jargão da Rosana, Café é vida ( detalhe café sem açucar )... tenho que falar adorei a ideia da parede da fama... e guardem esse nome, Vanderley... pois, em um futuro breve ele será historia afinal sou sublime.....

    ResponderExcluir
  22. Queremos um jantar (com outro cardápio) para todos os guaranets, convidets, agregadets e amiguets. [2]

    ResponderExcluir
  23. Por que vocês querem outro cardápio? Tava delícia!!!!
    Humpt!

    ResponderExcluir
  24. Adoro café (o seu, talvez, principalmente) e a palavra quiçá (palavra preferida).

    Lamento a ausência. Já me incluo nas próximas.

    ResponderExcluir
  25. * o "seu" era pra Rosana. Ainda não conheço o seu café, Taffarel. Hahaha

    ResponderExcluir
  26. Ulisses, o meu café só poderia se chamar café quiçá, porque é o melhor de Patos de Minas, quiçá do Universo. Grata por concordar!!! iurúúú

    ResponderExcluir
  27. Taffa, parte de mim acredita, parte não. Nisso do seu café ser bom.

    Quem sabe algum dia alguém experimenta seu cafezim e me conta?

    Talvez algum dia eu me arrisque? Dúvida!!

    ResponderExcluir
  28. vanderley (limão)23 de julho de 2012 18:13

    o café do Taffa e bom, e mesmo se nao fosse eu falaria que é otimo... Brincadeirinha!

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi