quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Bastante, porque sou rica...

Tema: quando eu for rica
Por: Rosana Tibúrcio
Imagem
Cheia da grana farei uma lista daquelas pessoas que me ajudaram financeiramente em tempos difíceis. Não me esquecerei de ninguém: do meu pai, passando por meus irmãos e pela Abadia, minha ajudante de anos, que já trabalhou de graça pra mim. A todos eles eu darei tudo que puder e que eles quiserem.
Nessa primeira parte eu procurarei retribuir àqueles que me auxiliaram com babadinhos materiais. Além de minha família, não esquecerei de Jôzinha, que né... vamos combinar, se for pra contar eu choro – nem de Adélia, minha vizinha, nem de Luziá, minha quase irmã, nem de Ana Amélia, minha amiga de anos.
Depois farei uma lista daqueles que me querem bem, mas que não necessariamente me auxiliaram de forma material, e darei muitas coisas pra eles. O mais incrível é que a turminha da primeira lista, também faz parte da segunda. Meus sobrinhos, afilhados, cunhados e amigos do peito, serão todos beneficiados, sem exceção.
Vou contratar shows de todas as duplas sertanejas para a Denise, shows do Amado Batista e do Paulo Ricardo pra Nelma (eu não sou perfeita gente, tenho irmãs com problemas... hahahaha).
Tudo que a Laurinha e a Marininha e eu quisermos, teremos. Além do Rafa, que considero, de verdade, como meu filhote. Inclusive nossa casa será lindíssima. Essa família pequena, mas porreta, sei não viu... vai abalar Patos de Minas. Borda será extinta!!!
Para o meu Taffa querido farei com que todos os belos e lindos estejam aos seus pés. E mais: ele cuidará, do sistema de informática da minha empresa, terá vários funcionários subordinados e não menos eficientes só pra mandar e desmandar.
Pra Paulinha vou dar uma escola do jeito que ela quiser ou convencê-la a mudar pra Patos e trabalhar na minha empresa.
À Heloisa, nossa mais constante visitete, convidarei para cuidar da pele de meus funcionários. Inadmissível no meu negócio, funcionário com espinhas e cravos no rosto. Todo mundo de pele bonita e lisa. Maracujá, sol e aquela frase “preciso fazer alguma coisa produtiva e rentável”, ficará no passado da Helô.
Escolherei duas instituições para ajudar. Uma delas, será a Apae, a outra eu analisarei os projetos e decidirei. Não vai ter nada disso de ajuda picada. Será ajuda enorme e constante.

Agora vamos ao melhor de "quando eu for rica".
Comprarei um terreno enorme e nele construirei o negócio dos meus sonhos. Será um ambiente composto de cinco tocs outros ambientes. Eu serei a comandante geral dos cinco. Terei subcomandantes, mas a palavra final será sempre minha (sou mandona sim, e você que é feio?).
O primeiro ambiente – ainda sem nome definido, aceito sugestões, em português – será um lugar onde venderei e criarei objetos personalizados. Todo tipo de objeto. A parte que se refere ao artesanato será comandada pela Denise. O cliente chega e diz: quero tal coisa personalizada. Proibido responder a ele: não conseguiremos. Por isso, é que Nelma será responsável em localizar, em qualquer lugar do mundo, o sonho do cliente. Ela comandará o aspecto “desejo de cliente, é ordem.”
O segundo ambiente se chamará Guaraná com Canudinho – nome que será cedido pelos guaranetes porque todos me amam, me apóiam e me admiram. Esse ambiente será coordenado por Laurinha e Rafa. Sem brigas. Nesse lugar venderemos livros e dvds, teremos saraus, apresentações de pequenos grupos musicais. Tudo, tudo que se refere à literatura, à pintura, às artes em geral. O meu pai também trabalhará aqui, bem como a Regininha, minha amiga.
O terceiro ambiente será bastante frequentado pelos funcionários da minha empresa e comandando por Marininha. Ela não mais morará em Brasília e ponto. Será um spa com nome ainda não definido, aceito sugestões, em português. Minha empresa será brasileira e abomino nomes estrangeiros para empresas brasileiras. Pronto, falei.
O quarto ambiente será frequentado por crianças maiores e jovens parentes e filhos de funcionários. Eles pagarão uma taxa não muito grande, apenas para manutenção e para saberem que a vida não tá fácil pra ninguém. Poderão também retribuir com pequenos e justos trabalhos para a empresa. Se eu conseguir trazer a Paulinha pra Patos, ela comandará esse ambiente. Nele haverá aulas de tecnologia, que é a área da linda. Haverá um setor  específico onde orientarei as monografias da vida dos meus funcionários ou seus filhos que fazem faculdade.
O quinto ambiente será uma creche para os filhos, netos e bisnetos de funcionários. Todos. Sem exceção. Dos subcomandantes ao moço da faxina. E sim, haverá bisnetos porque meu quadro de funcionários será composto por várias pessoas da terceira, quarta e quinta idade.
A minha empresa terá algumas particularidades que o dinheiro me permitirá proporcionar aos funcionários, à sociedade e à cidade.
Eu empregarei na minha empresa todas as pessoas que sofrem algum tipo de discriminação e dificuldade em conseguir emprego. Quando um candidato for fazer uma entrevista com o Genis – que será responsável pelo RH da empresa – as perguntas serão direcionadas para identificar qual o local mais adequado àquela pessoa. Portanto, na minha empresa haverá no quadro de funcionários: anões; cegos; cadeirantes; surdos; mudos; gays; jovens e adultos com down ou outra deficiência mental que permite algum tipo de trabalho; pretos; japoneses; brancos; amarelos; presos com liberdade condicional; menores delinquentes que passam por período de ressocialização; estagiários que serão devidamente remunerados; idosos; muitos idosos. Só não admitirei fanáticos. De nenhuma espécie.
Quem entrar na minha empresa tomará um susto, mas depois perceberá que ela representa o que todo lugar que tem grana deveria representar, mas que o dinheiro, as aparências e a hipocrisia, não permitem acontecer. Só que o meu dinheiro mostrará que é possível sim, viver em harmonia e de forma justa. Quem distribui sempre tem. É nisso que acredito...
Todos os meus funcionários terão uniformes... Peraí, peraí... os uniformes serão idealizados pelo Rafa, Laurinha e Paulinha. E todos os meus funcionários terão dentista de graça, porque sorrir numa empresa dessas é mais que obrigatório, é consequência. Dentes lindos, portanto!!!

Adendo: os únicos animais que poderão entrar no meu estabelecimento serão os cães guias, pois me garantiram que eles não pegam quem tem medo de bicho.


Uma linda quinta-feira pra todos vocês, minhas gentes, pois nas quintas há algo diferente no ar e hoje há a realização de um sonho de rica. Em um post...

24 comentários:

  1. Amores, sem querer ser repetitiva, mas não revisei o babadinho, de novo. Fui escrevendo sem ver e deu no que deu. Fodis...
    Calem a boca, senão não os recompensarei com meu rico dinheiro.

    ResponderExcluir
  2. surpreso com a capacidade empreendedora da mulher.

    ResponderExcluir
  3. ela pensou em tudo. todo mundo empregado e ganhando bem!!!

    ResponderExcluir
  4. eu conheço um dentista pra tomar conta dos nossos sorrisos.


    rs

    ResponderExcluir
  5. hahahahahahaha
    O taffa não presta.

    Eu juro, Taffa, penso nessa empresa desse jeito que falei. Monte de gente cambeta e velho caminhando... rs

    ResponderExcluir
  6. Rosanita! Que sonho mais lindo! e tenha certeza, colocarei seu sonho nos meus pedidos pro Papai do céu.

    ResponderExcluir
  7. Maracujá, sol e aquela frase “preciso fazer alguma algo produtiva e rentável”, ficará no passado da Helô.
    Muito obrigada. De todo coração.

    ResponderExcluir
  8. alguma algo ficou foda, né? Só vi agora pelo comentário. Preguiça de reler o texto.
    Depois faço isso.
    Então, venha cuidar das peles lisas e lindas, porém sujas da minha turma.

    ResponderExcluir
  9. Taffa, o que me moverá não é o dinheiro em si, mas o que poderei fazer com ele... hahaha uiiiii!

    ResponderExcluir
  10. Vou contratar shows de todas as duplas sertanejas para a Denise, shows do Amado Batista e do Paulo Ricardo pra Nelma (eu não sou perfeita gente, tenho irmãs com problemas... hahahaha).

    ri muiiiiiito.

    ResponderExcluir
  11. O primeiro ambiente – empresto meu logotipo "afeto",em sua homenagem.

    ResponderExcluir
  12. Acho que a sra deveria "emprestar" esse modelo pra algumas empresas por aí...

    ResponderExcluir
  13. O Le Bizarre vai tocar na inauguração do ambiente Guaraná com Canudinho!!!

    ResponderExcluir
  14. A gente tem que mandar um convite pro Caparelli, mainha! Não esquece!

    ResponderExcluir
  15. Além do Rafa, que considero, de verdade, como meu filhote.

    E que te considera, de verdade, como a mainha!

    ResponderExcluir
  16. ô mãe, tem que ter espaço pros bichinhos sim.

    ResponderExcluir
  17. ô mãe, ce podia ter feito só a segunda parte do post. rs

    ResponderExcluir
  18. ô mãe, ce me deu muitas responsabilidades. quero descansar.. rs

    ResponderExcluir
  19. "Taffarel Brant disse...
    eu conheço um dentista pra tomar conta dos nossos sorrisos"


    hahaha

    ResponderExcluir
  20. Eu também conheço esse dentista.
    .
    .
    .
    Adorei esse sonho.

    ResponderExcluir
  21. Pra qual endereço eu mando o currículo? hahaha

    ResponderExcluir
  22. Eita que temos mais uma lindinha pra trabalhar com a gente.
    Não precisa currículo, fará uma entrevista e pronto!!! rs

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi