quinta-feira, 17 de março de 2011

Nossa Agnes Gonxha Bojaxhiu*

Tema: Tiro o chapéu para...
Por: Rosana Tibúrcio


Não, ela não é estrangeira. Dependendo da ocasião fala, assim como eu, nóis vai, nóis fumu, mas eu tô longe de chegar perto dela, a não ser nesse aspecto minerês... mas não é disso que quero falar.
Na verdade, nem pensei que ela fosse se tornar o que é, porque quando criança era uma peste de ruim, botava todos os apelidos na gente e contribuia bastante para que nossa autoestima ficasse abaixo do nível do mar.
Mas quem é de índole boa é avacalhada no tempo certo. Quem é de índole boa quando resolve brincar de ser gente é mais gente que muitos que vivem por aí, nesse mundo de meu Deus, propagando bondade e sabedoria.
Li em algum lugar, sei lá onde, que psicopata é aquele que não pensa e jamais se coloca no lugar do outro; que não sente remorso. Há antônimo de psicopata? Nossa Agnes patense é esse antônimo. Porque, francamente, nunca vi ninguém que pensasse mais no outro do que ela. 
Há quem a chame de anjo. Contar procês: um dia eu encontrei com uma senhorinha - num lugar que não vem ao caso nem o porquê deu estar por lá - e entre um papo e outro citei o nome da minha homenageada. A senhorinha abriu um sorriso e me disse mais ou menos assim: "quando ela saiu de lá de nossa cidade, perdemos nosso anjo da guarda."
Não vou citar todos os favores que já recebi dela; não só eu, como também as minhas filhas, porque não caberia aqui e passaria por ingrata - um ou outro não seria lembrado - só vou encerrar este post dizendo: ela deixou de ganhar um sofá pra nos deixar ganhar (minhas filhas e eu) a reforma de nossa casa.
Tiro o meu chapéu, e todos os que eu encontrar pelo caminho, pra minha irmã Nelma, a nossa Agnes Gonxha Bojaxhiu.
Não tem pra mais ninguém!!!
Lilinha, Laurinha, Marininha e a nossa Agnes (gostei desse trem de Agnes)

Uma linda quinta-feira pra todos vocês, minhas gentes, pois nas quintas há algo diferente no ar e hoje há gratidão e reconhecimento. Nada mais justo.

*Para os incultos de plantão, Agnes Gonxha Bojaxhiu era a Madre Teresa de Calcutá. Aráááá!!!!

16 comentários:

  1. pra ela eu tiro o chapéu 500 vezes.
    filha de quem? filha de quem?
    do meu querido vô Baltazar pra quem euzinha aqui tirou o chapéu.
    .
    Se formos analisar direitinho.
    A senhora, a Tia Denise, o Tio César e o Tio Caio teriam uma chapelaria de tantos chapéus tirados.
    .
    estou mentindo?
    alguém discorda?

    ResponderExcluir
  2. Esse ano disse em alto e bom tom por várias vezes: Acredito que pouquíssimas pessoas tem uma família tão unida e tão tão tão especial quanto a nossa.

    ResponderExcluir
  3. É verdade, é verdade, nossa família é tudo de bom. E claro, que implícito aqui, tá meu agradecimento pra todos eles: Caio, César, Denise, sobretudo, ao Tio Caio e à Tia Lena, pois eles são uma benção nas nossas vidas, se não fosse por eles, não estaria trabalhando tão mais fácil como estou agora. Por que né? Micro bom como esse e essa santa impressora, só Deus...

    ResponderExcluir
  4. Alguém leu meu post ... uau... vou ali cochilar 15 minutos, depois vou pra mesa da copa conferir umas listas (graças à impressora) e depois eu volto pra senzala.
    Fui.

    ResponderExcluir
  5. também tiro o chapéu.
    vários deles.

    ResponderExcluir
  6. Nina nas fotos: efusão
    Laura nas fotos: q

    ResponderExcluir
  7. Gostei do que a senhorinha disse.
    Muitamô.

    ResponderExcluir
  8. (Deu vontade de gritar: Ela merece! Ela merece!)

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi