quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Inda quero pra mim


Por Rosana Tibúrcio
São tantas as coisas que gostaria de fazer ainda nesta minha vida. Coisas relacionadas às amizades, ao amor, ao lazer e, muito, às questões de ordem econômico-financeiras.

Quanto às amizades, queria muito trazer vários queridos pra perto de mim, assim, definitivamente. E isso dependeria basicamente de uma reviravolta na minha vida financeira, né não? Imaginem só, eu lotada na grana, trazendo “minhas gentes” - principalmente o Filhote, a Paulinha e a Nina - pra junto de mim. E trabalharíamos num lugar onde haveria inúmeros livros, CDs, DVDs e outras coisas bacanas pra vender. E não só, organizaríamos vários eventos culturais e neste lugar haveria, também, um cantinho especial onde todos pudessem apreciar o meu café quiçá. (Seria assim, quase um shopping).

Em relação ao amor-sexual-romântico-libidinoso, se não me aparecesse um novo e verdadeiro, que eu ficasse livre de todo tipo de engodo. Aquela máxima: "antes só que mal acompanhada."

Em relação à diversão, ao lazer, à cultura, ao aspecto mais lúdico, enfim... nó, tem porrada de coisa que gostaria de fazer.
1. assistir aos shows de Caetano Veloso, Maria Bethânia, Oswaldo Montenegro, Zélia Duncan, Zeca Baleiro, dentre vários.
2. ver meu filhote Rafa no palco, brilhando como nunca e eu lá na platéia dizendo: “é como se ele fosse meu filho” (uma coisa meio brega, mas verdadeira).
3. ler “trocentos” livros, sem interrupção.
4. ouvir e comprar todos os CDs e DVs – originais, bom ressaltar – de cantores que amo.
5. assistir a várias peças de teatro.
6. ter sempre tempo pra visitar e receber amigos pra um papo sem fim...
7. assistir “trocentos” filmes (originais), em minha casa mesmo, pode ser.
8. estudar tudo e muito Português, inclusive, aqueles aspectos que menos gosto, como: adjunto adverbial, conjunção e blablablá... pois apesar de não gostar, sinto necessidade de saber essas regras e penso que elas me deixariam mais livre, feliz e competente. Aliás, gostaria de estudar não só Português, mas muitas outras disciplinas - sem muita obrigatoriedade, como faço agora.
9. ter um lugar especial em minha casa onde eu pudesse guardar – de forma bem organizada – todos os meus CDs e DVs (nesses “meus” incluo os de minhas filhas); só que, neste lugar, não caberia nada pirata. Afinal, na minha casa há CDs (não tão desorganizados) na sala do micro, no meu quarto e no quarto de Nina (esses últimos não garanto a organização).
10. ter minha biblioteca super, hiper, mega organizada e constantemente atualizada, com “trocentos” livros novos.
11. voltar a ter meus sábados e domingos de descanso e se eu resolver produzir algo que fosse pra organizar minhas coisas, tais como eu gosto.
12. passar vários dias numa praia bonita, com companhia boa – não necessariamente de ordem amorosa-sexual-romântica-libidinosa – mas se fosse, nem ia reclamar... rs E que eu pudesse, nessa praia, ficar horas caminhando e olhando pro mar sem interrupção imbecil. Portanto, essa companhia teria que ser daquelas em que o silêncio tudo dissesse e nada pesasse. E que também, nesse lugar lindo, eu pudesse ficar horas e horas conversando e rindo, jogando cartas, dominó, bebendo uma cervejinha – sem nem pensar em ficar bêbada ou ter bêbado por perto... algo assim: pra lá de feliz.

No que se refere à questão econômico-financeira que eu pudesse ter, de novo, certa tranqüilidade. Que não precisasse ficar com casa desorganizada porque não tenho tempo de limpar nem graninha pra ter uma ajudante. Aliás, que eu não precisasse nunca mais ir pra senzala doméstica. Só que eu abriria mão, com muito gosto, pra fazer uma comidinha gostosa, o meu sempre café, e organizar minhas coisas do meu jeito, mas que essa “fedaputagem” toda de rodo, vassoura, tanque e pia ficasse quilômetros longe de mim.
Que eu pudesse realmente, assim como Nina disse no post dela, vender nossa casa e me mudar pra um apartamento menor e mais fácil de cuidar.
Que eu pudesse trabalhar com mais tranqüilidade ou que conseguisse passar num concurso público.
Que eu ganhasse na loteria (ganhando ou me casando com um rico... arrá, aqui reside o maior dos sonhos...), pra bancar todas essas minhas vontades.

Por fim, em meio a tantos quereres, eu bem desejava esquecer de vez todas as pessoas que me magoaram sem que eu pudesse entender os porquês.
No mais, quero é ser feliz. Por que não???

Uma linda quinta-feira para todos vocês, pois nas quintas é dia de sonhar e sonhar... e buscar, na medida do possível, realizar todos os sonhos...

"Nada tenho
Vez em quando tudo
Tudo quero
Mais ou menos quanto
Vida, vida
Noves fora zero
Quero viver,
quero ouvir
Quero ver..."
[Zeca Baleiro]

19 comentários:

  1. Bom-dia amores!
    Vim, postei, sai, voltei pra ajustar coisinhas erradas, sai e tô cá de novo.
    Caracas... isso aqui tem que bombar hoje, nem que seja só com meus comentários.
    Adoro me comentar, porque eu sou muito bouuuuuuuaaa!
    Queria achar uma ilustração bacana, mas perdi endereço dos sites com essas coisinhas...
    Vida tirana!

    Beijos Guaranetes e Visitetes. Visitetes??? hehe

    ResponderExcluir
  2. Rosanita!!!
    Quanta coisa boa pra fazer e nem tão difíceis de realizar.
    Melhor ganhar na loteria que arriscar um rico (afinal eles trazem mais coisas além do dinheiro).

    ResponderExcluir
  3. Marina a trabalhadeira9 de outubro de 2008 11:51

    Mãezinha, liguei pra vc, mas falei com a Laurinha. Depois te ligo.

    Ameu seu post.
    Quero fazer muita coisa com a senhora ainda. Como viajar, organizar biblioteca, ter apartamento, ver show da Zeca e do Zélio kkkkk brincadeirinha.

    .. volto mais tarde, se conseguir.

    beijocas
    AMO TUDO ISSO!♥!♥!

    ResponderExcluir
  4. Rosana, a postante...9 de outubro de 2008 13:13

    Nina, olhe seu e-mail ou me ligue mesmo, tá bom?
    É Helô, o mais difícil é o cara rico sem passado... hehe

    Beijos gerais.

    ResponderExcluir
  5. Nina, vi que já leu o e-mail, nem precisa ligar mais, pois Laurinha foi pro estágio já.
    Não esqueça de informar a música que quer...

    Ah, vamos assistir ao show do Zélio sim... haha

    ResponderExcluir
  6. Uau!!!
    Nós teríamos um Shopping Cultural!!!
    Já temos que pensar no nome!
    Eu também quero tudo como a sra nesse aspecto intelecto-cultural de livros, leituras, DVD's, shows e teatro. Muita coisa pra fazermos juntos tb! hehe

    Espero que não faltem oportunidades pra sra me ver no palco, mainha!
    Eu vou ser famoso, rico, e a sra vai assistir minhas estréias todas! Eu mando um jatinho pra te buscar!
    hahahaha

    ResponderExcluir
  7. Ser feliz e sonhar.
    Taí um bom resumo pra semana toda, não é mesmo minha gente?

    E como eu não lembrei dessa música do Zeca pro meu post???
    poxa!

    ResponderExcluir
  8. chegyuei.. cheguei!!
    momento bom do meu dia, meu deus, que delcia
    essa musica da o clima ideal para o posta da Rosaninha!!
    relaxante tudo isso, me senti leve depois que li!!
    Que bom chegar as quinta feiras!!

    ResponderExcluir
  9. Marina Quiçazinha9 de outubro de 2008 13:52

    Mamita, eu não sei qual é a música, aff .. não sei mesmo ..
    o pc que tem som, deu pau .. aí não tem como escutar nada mesmo.

    .

    O que acham de Quiça Cult.? kkkkk
    só pra ficar a cara da minha mãe hahahah adoooorrroooo
    Fariamos com que o café da minha mãe ficasse conhecidíssimo .. amo isso.

    beijocas
    .

    ps.: que bom que a Paulinha apareceu.

    ResponderExcluir
  10. Eu admiro essa força cultural, essa energia vibrante que a Rosanita tem em tudo que se relaciona ao belo, ao ludico!!
    Gostei de ficar pertinho.. gostei do projeto, quem sabe um dia nós todos não ganhamos na loteria, quem sabe com o dineheiro da loteria não aparece um marido rico e vamos todos morar em Patos (seria Patos mesmo?) mil vezes patos a Borda né, minha gente?
    então, vamos morar todos pertinho, uma distancia que dê para ir de chinelo e meia
    hahhahahahhaha
    e quem sabe em uns dias mais descontraidos ate de pantufa e teriamos nosso shopping da cultura, com muitas oficinas, eu poderia fazer workshop de mágica, a Rosanita de poesia, o rafa de teatro e imitações, a Marina de energia pro ativa (existe isso?) e a gente podia fazer a Rosanita de Jô Soares, ja pensou;;
    hj rosana Tiburcio entrevista Caetano veloso..
    sera que ela cosneguiria entervista-lo??
    ou seria abraços, beijos, ou sabe-se lá o que mais!!
    hahahahahhahahahahaha
    no dia do Oswaldo ela teria um treco!!

    ResponderExcluir
  11. hahaahah
    gente olha o item 9 da lista da Rosaninha..
    que maldade super:
    9. ter um lugar especial em minha casa onde eu pudesse guardar – de forma bem organizada – todos os meus CDs e DVs (nesses “meus” incluo os de minhas filhas); só que, neste lugar, não caberia nada pirata. Afinal, na minha casa há CDs (não tão desorganizados) na sala do micro, no meu quarto e no quarto de Nina (esses últimos não garanto a organização).

    ela não garante a organização no quarto de Nina
    hahahahah
    e tudo por lá é tão certinho!
    eu não mudaria nada no jeitinho da Rosanita.. pq é gostoso a casa dela, os livros. ai delicia!!
    Ninaaaaaaaaaa
    se eu fosse vc eu ficaria triste!
    hahahaha
    sem fazer chantagens claro!!

    ResponderExcluir
  12. tem um comentario da Nina entre os meus??
    isos não é possivel, ela não ousou fazer algo assim!!
    vingança!
    hahhahahahahhahaha
    vcs lembra o que eu fiz com um comentario do Thiago /tripé que ficou entre os meus!!

    ResponderExcluir
  13. haha .. eu fiz isso mesmo ..
    aném ..

    .. em relação ao meu quartinho, ele só está mais bagunçado, porque minha irmã toma conta agora kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ... eu moro em Bsb, hahaha

    beijocas

    ResponderExcluir
  14. Marininha, quanto ao nome Quiçá cult não gosto de misturar nomes brasileiros com estrangeiros, além de não gostar deles. Quiçá cultura, talvez... vamos estudar os nomes... hehe

    ResponderExcluir
  15. Adorei que a Paulinha apareceu, sabia que tava corrido pra você, mas não sabia que tanto (acabei de ler e-mail comunitário).
    Adoro porque a Paulinha me deixa pra cima, ela me ama, ela me admira, ela vem na minha casa... e não vê nenhuma bagunça nos quartos, nem nos CDs de Nina...ADOUROOO...
    Juro que da próxima vez os livros estarão organizados e mais limpos.

    ResponderExcluir
  16. Adoro meu filhote querendo as músicas que escolho... haha Eu sou muito boUUUa... ele todo convencido e famoso, vai me chamar pra ver os shows... estão vendo só, né meus amores???
    Vou guardar isso escritinho aqui.

    Paulinha, eu entrevistando o Oswaldo Montenegro, imagine só... uhhhhhhh!!!
    Ah, no meu, quer dizer, no nosso Quiçá Cultura terá um cantinho pedagógico que será de responsabilidade de Paulinha - mas não pra lidar com crianças, mas pra ensinar os adultos a ensinar...
    E quem sabe um cantinho estético? Adivinhe quem tomará conta?

    Tá, Rafa, a parte musical e teatral fica com você.

    E eu? Mandar nocês tudo!!!!

    ResponderExcluir
  17. Marininha, a música que tá tocando é "ópio" Zeca Baleiro...

    ResponderExcluir
  18. Apertem os cintos!
    Ela está voltando!!!

    SE correndo ela já fez esse estrago, imaginem com calma???

    ResponderExcluir
  19. Adoro isso da Paulinha chegar causando. Marinaaaaa do céu, vou contar pra sua irmã dessa "risadinha"...
    Filhote, custei achar uma imagem mais ou menos. Fiquei irritada com aqueles sites... Eu sou rEdícula!!

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi