quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Gosto de gente comum!!!


Por Rosana Tibúrcio

Eu aprecio bebidas e algumas comidas de um jeito extremo: café tem que ser quente – de preferência, queimando o esôfago; cerveja tem que ser geladíssima, de machucar a garganta.

Porém, para com gente, eu já sou diferente: não gosto e não confio nas que só pensam negro; também não aprecio as que são felizes o dia todo; não gosto e quero distância de quem só faz o mal e também de quem só “diz” fazer o bem. São pessoas previsíveis. Não gosto dos previsíveis.

Gosto das pessoas que sofrem, mas que não fazem desse sofrimento um motivo pra se esconderem e rejeitarem um aceno de paz, um abraço ou apenas um olhar amoroso.
Gosto das pessoas que são felizes, mas que se aborrecem por um ou outro motivo.
Gosto de quem, vez ou outra, se desespera, mas que consegue sentir uma pontinha de motivação, em meio ao caos.
Gosto dos motivados que num ou noutro momento se sentem cansados.
Gosto dos que morrem de desejo ou dor, mas que sabem gargalhar com leveza.
Gosto dos sorridentes que choram nostálgicos.
Gosto dos tristes que choram de felicidade.
Gosto de gente comum!!!

E é até por isso que tenho certa impaciência com livros de auto-ajuda. Como se o ser humano fosse uma máquina em que: recebeu uma má resposta ali... o que se faz? Aperte o botão “a”, sorria que vai florir. E quando da rasteira do amigo ou do amor, aperte o botão “b”, esse botão permitirá que se respire fundo e a compreensão fluirá, de imediato: afinal, o outro foi o errado e isso não vai me atingir, pois meus sentimentos são maduros e eu estou sempre preparada para me defender.
E é até por isso que tenho ojeriza de quem se isola na dor e a dor é uma constante, aliás. Tenho birra de quem mede sofrimento. É só alguém contar um fato desagradável e o negativista vem, de pronto, com o seu famoso: “e eu que sofri muito mais, você não agüentaria viver o que vivi, deixe eu te contar...” E tome balança pra pesar as dores!!!!!

Gosto de gente que faz miséria pra não deixar o outro cair no buraco e que vira o mundo pra tirá-lo dali. Já perceberam como lidam os maus e os que se intitulam muitos sábios em relação à queda do outro? Os primeiros são capazes de, ao cair, levar o máximo de gente pro buraco também; os segundos, quando percebem o outro lá no poço começam com o famoso “se blablablá” “se você tivesse agido assim ou assado, não estaria aí, se... se... se...”

Gosto de gente normal que é capaz de depois do “ahhh, que saco”, olhar e falar pras suas gentes: “desculpem-me, foi mal”.
Gosto de gente generosa que doa tempo, ouvido, abraço; mas que pode, num outro dia, dizer àquele que antes acolheu: “tô cansada, hoje não dá!!!”
Gosto de pessoas de bom coração, mas que são normais, que sofrem, choram, riem, fedem de vez em quando, cheiram bem quase sempre e, sobretudo, dos que vivem e doam.

Os extremamente negativistas não sabem doar, só sugam.
Os que se acham extremamente positivos não sabem viver, só indicam, se esquecendo, contudo, que a receita pronta pode azedar na outra vida. Afinal, cada um tem sua própria história e seu próprio jeito de alquimiar sentimentos e vivências.
Gosto de gente comum, assim como eu sou. Eu gosto de mim e das minhas gentes que se parecem um pouco comigo, pra mais ou menos sentimentos bons ou ruins.
Gosto dos que se esforçam para viver bem e feliz, sabendo das fraquezas e vitórias possíveis.
Gosto dos que não se habituaram nem querem aprender a usar as balanças e os botões dos previsíveis.
Gosto de gente comum!!

.
Uma linda quinta-feira pra todos os guaranetes, visitetes e convidetes, pois nas quintas há algo diferente no ar e hoje há um convite pra que todos dêem vivas às pessoas comuns e um chutão no traseiro dos muitos-e-sempre-sofridos-maus e dos pseudos-sabem-tudo.
..

42 comentários:

  1. MINHA CASA
    [Zeca Baleiro]

    É mais fácil
    Cultuar os mortos
    Que os vivos
    Mais fácil viver
    De sombras que de sóis
    É mais fácil
    Mimeografar o passado
    Que imprimir o futuro...

    Não quero ser triste
    Como o poeta que envelhece
    Lendo Maiakóvski
    Na loja de conveniência
    Não quero ser alegre
    Como o cão que sai a passear
    Com o seu dono alegre
    Sob o sol de domingo...

    Nem quero ser estanque
    Como quem constrói estradas
    E não anda
    Quero no escuro
    Como um cego tatear
    Estrelas distraídas
    Quero no escuro
    Como um cego tatear
    Estrelas distraídas...

    Amoras silvestres
    No passeio público
    Amores secretos
    Debaixo dos guarda-chuvas
    Tempestades que não param
    Pára-raios quem não tem
    Mesmo que não venha o trem
    Não posso parar
    Tempestades que não param
    Pára-raios quem não tem
    Mesmo que não venha o trem
    Não posso parar...

    Veja o mundo passar
    Como passa
    Uma escola de samba
    Que atravessa
    Pergunto onde estão
    Teus tamborins?
    Pergunto onde estão
    Teus tamborins?
    Sentado na porta
    De minha casa
    A mesma e única casa
    A casa onde eu sempre morei

    ResponderExcluir
  2. Amores de vida meu.
    Não gosto de quem inventou o trabalho sem fim e o calor que também tá sem fim.
    Mais tarde eu volto, preciso recuperar o tempo que não rendeu ontem.
    beijossssssssssss
    saudades demais de todos vocês, sem exceção!!!

    Vou ali fazer um café, aquele, o quiçá!! rs

    ResponderExcluir
  3. Oi pessoas! Oi Rosanita! Acho que vc ia gostar um pouquinho de mim. Hehe
    Me encaixo numa ou noutra dessas pessoas: na generosa, que doa, ajuda, ouve, mas às vezes não tá a fim. Na que vez ou outra faz merda, mas pede desculpas pelo que fez...

    ResponderExcluir
  4. Acho que todas as "gentes" de quem vc gosta, tem um pouquinho de cada uma dessas qualidades que vc citou.

    ResponderExcluir
  5. huum acho que vi um pouco do que temos conversado esses dias por ai né?
    Eu tambem adooooro gente comum, real, humana e adoooooooooro vir aqui como visitete rsrs

    Beijos.

    Rafael, se vc não me der seu email fica dificil eu te contar tudo "com detalhes sordidos" rs.

    ResponderExcluir
  6. Olha eu 'cedinho' aqui hoje, li o post da Paulinha e é isso aí, seguir em frente sempre.E esse da Rosana foi lindo lindo lindo, seria bacana se ao nosso redor só existissem pessoas como tu descreveu, ´euma pena que existem aquelas que te deixam mal, que quer ser melhor, pessoas ambiciosas, pessoas sem carater que passam por cima de TUDO pra conseguir o que querem, é foda né? Eu procuro me manter afastado de pessoas assim.

    Um abraço a todossssssssss! Saí daqui pensando que tem gente desse tipo aí do meu 'lado' ainda rs

    ResponderExcluir
  7. E essa música do Baleiro ao fundo caiu bem demais! É linda ela.

    ResponderExcluir
  8. Olá moçadaaaaaa!
    Mas então, Helô, as pessoas, em sua maioria, são assim normais. É que de vez em quando eu tenho falta de paciência com os extremosos, fico meio irritadinha com os dramáticos em excesso e os fanáticos da paz e amor... urrghhh viu?
    Acho dez quem sabe reconhecer falhas, voltar, e pedir desculpas.
    Aliás, tiro meu chapéu pra você. Li/vi lá em "falando pelos dedos"...

    ResponderExcluir
  9. Jéssica, sim... o texto tem algo a ver com os cinzas e dramáticos... hehe os muito e sempre TÃO sofridos. Ira tenho dessa turma, talvez mais que da outra...

    ResponderExcluir
  10. Thiago, você é dos nossos e é MARAAAAAAA... sempre tão gentil, tão amável, sem ser enjoado, sem ser "auto-ajud"... hehe
    Queria melhorar para ser um tanto parecida com você e o meu filhote, mas minha chatura é maior que minha vontade... aí fico entre os "bons medianos"...

    Zeca é tudo, nénão???

    ResponderExcluir
  11. Por que fragmentei meus comentários dos comentários?
    Que é pra dar "sustança" nesta quinta-feira.
    Agora vou lá, fazer papá pra minha Pititinha e pra mim. Depois volto pra S.I. que hoje tá que tá...
    Beijosssssss a todos.
    Paulinhaaaaaaaaa, cadê você?
    Marininhaaaaaaaa, cadê você?
    Rafinhaaaaaaaaaa, cadê você?

    Não me deixem só!!!
    fuiiiiiiiiiiiiiiii!

    ResponderExcluir
  12. Olá Guaranetes!!!
    Sabe Rosana, li e reli seu texto umas três vezes e não sei se concordo com tudo, mas afinal, quer coisa mais normal que opiniões diferentes??
    Pelo que li (e acho que entendi) eu puxo pro "auto-ajuda" e se faço isso é porque transformei minha vida, meus sentimentos e pensamentos, ou seja, não sou papagaio que lê e repete, eu vivo as mudanças que acredito, vivi e vivo de verdade MUITA mudança (algumas já te contei por e-mail) e isso me faz acreditar em muita coisa que até pouco tempo eu não acreditava, afinal ninguém me contou e não aconteceu na vida de nenhum conhecido, aconteceu em mim, dentro de mim... e a sensação que tenho é +- assim: Quando realizamos uma viagem MA-RA e que nos ajuda a crescer muito e então qdo voltamos pra casa queremos contar e (inconscientemente) indicar o roteiro para todos que gostamos!!! Errado?? Talvez seja, mas é normal errar, não é?? rs

    ...

    ResponderExcluir
  13. Concordo com vc que os extremos são ruins, mas, ao menos para mim, é tão difícil me manter no 1/2 termo e entre ficar muito pra baixo ou muito pra cima, eu prefiro concentrar no segundo caso...

    Nosssa Rosana, estou chegando a conclusão de que eu não sou "muito normal", ou seja, você não irá gostar de mim!!! rsrsrs
    Oh my God!!!! =\

    ResponderExcluir
  14. Haline, não se preocupe. tenho certeza que Rosanita também gosta de quem não é "muito normal".
    Afinal de contas, os Guaranetes não são assim um poço de normalidade, certo? Hehe

    ResponderExcluir
  15. Rosana, a não normal...30 de outubro de 2008 13:01

    haha
    Toda vez que me refiro à auto-ajuda a Haline se espanta e se acha incluída - né não fiota, não é de você ou de pessoas como você que falo.
    Essa minha impressão eu a carrego comigo há anos, muitos e muitos anos, talvez o tanto de anos que você tá por aqui neste mundo. E tenho essas impressões baseada em fatos reais... de pessoas com quem me encontro, agora mais amiúde, e que não mudam nem a pau... apesar de tudo que acontece na vida delas e desfazem o que falam/pregam.
    Portanto exclua-se dessa e você sabe que gosto de você, penso que já demonstrei isso ene vezes. Agora menos, porque sem tempo pra trocar e-mails.

    ResponderExcluir
  16. E como assim, Helô? Os guaranetes são a(normais)?
    hahaha
    ADOUUUUURO!

    ResponderExcluir
  17. NOSSA!!!
    sabado mesmo conversamos sobre isso ne Rosaninha!!
    e achoq ue temos uma mesma visão de vida, de pessoas, de mundo!!
    a minah avozinha ja dizia que: a gente não deve nem ir tanto para o santo nem para o Diabo..
    e eu sempre achei que não devemos confiar em gente manso demais!!
    as pessoas mansas me dão medo, elas tem aquela voz leve, mole, um mundo cheio de encanto, que todos são felizes e que não existe imperfeição....
    tem coisa mais incomum que isso??
    vc pode gostar de tudo na sua vida?? claro que pode, mas nada é perfeito, bada é cor de rosa, as coisas se desenrolam sem o nosso controle...
    vai dizer que sua vida é bela, os passros cantam, as crianças são obedientes e alegres ate no dia que vc acorda atrasada com TPM?????
    quem afirma isso é o maior hipocrita do mundo!!
    nesse ponto eu sou como vc Rosaninham, eu sei que é muita presunção de minah parte ser igual a ti, mas eu tb gosto de gente normal, comum, que sente as coisas como elas são, não dando muito credito nem tirando seus cerditos

    ResponderExcluir
  18. As pessoas muito prolixas como eu, pecam por dizer muito. Talvez eu pudesse resumir meu texto, mais ou menos assim (vamos ver se consigo). Não gosto nem tenho paciência com quem sente tudo negro e triste; e com aqueles que receitam tudo a todo instante se esquecendo, contudo, que o outro tem outra história!

    Será se miorei-ou-piorei??? hahaha

    ResponderExcluir
  19. Ah, Haline, tem uma coisa que somos parecidas: também tento, assim como você, me concentrar em coisas positivas, o que não quer dizer, necessariamente, que estamos sempre com pensamentos positivos.
    Essa é a nossa diferença entre aqueles que se acham.
    Eu não sou meio termo em quase nada da minha vida, tenho decisões firmes para a maioria do que faço e penso - inclusive sou firme nisso que creio sobre as pessoas.

    ResponderExcluir
  20. Amores, volto mais tarde.
    Beijos a todos.

    ResponderExcluir
  21. Gente!
    Eu nunca em achei muito normal!
    Até garnenal já tomei!(haha)
    Será que a mainha não gosta de mim???

    buáá

    ResponderExcluir
  22. Mainha!

    Eu vejo tanto das coisas que já conversamos nesse texto!
    Eu poderia ter escrito isso!

    Lembra dos blogs que a gente já leu e hoje tem preguiça, de palavras até bonitas mas que falam falam sem falar nada, sempre com pessimismo no ar?

    Eu gosto de gente comum também!
    Flexível, bonita e corajosa!
    Que pode até achar a vida difícil, mas que não entrega os pontos!

    PS. Lembram do Brava Gente, que passava na Globo???
    rs

    ResponderExcluir
  23. "vc pode gostar de tudo na sua vida?? claro que pode, mas nada é perfeito, nada é cor de rosa, as coisas se desenrolam sem o nosso controle...
    vai dizer que sua vida é bela, os pássaros cantam, as crianças são obedientes e alegres até no dia que vc acorda atrasada com TPM?????"

    Momento "sabedoria realista" da Paula!
    haha

    ResponderExcluir
  24. hahahahahaha... não pensei em momento algum que o texto tinha sido escrito em minha "homenagem" (rs), isto seria MUITO egocentrismo!!
    O problema é que me identifiquei em alguns pontos, sabe?? E é aquele velha história: Se a carapuça serviu!!! hohohoho

    Volto mais tarde pesssoas!!!

    ResponderExcluir
  25. olha, eu estava sem luz
    em pleno seculo XXI, eu sem luz!!
    a minha sorte foi que eu consegui postar um comentario antes da luz me deixar para nunca mais voltar!
    mas estou aqui, firme e forte e bela, como sempre
    hahahhahahahhahaha
    eu tenho medo de ser pragmatica!!
    minha avozinha dizia isso para mim! e tenho medo de ser inflexivel tb!! cruel eu não tenho medo, pq ser cruel é MARA!! quero dizer so um pouco cruel, pq depois eu me arrependo.
    ese post tem tanto de relação com vingança e perdão..
    olhem como eu tenho razão nisso!!
    gente comum permite-se não ter pensamentos puros de vez enquando e nem por isoo vamos nos chicotiar ( eu me coloquei na categoria dos comuns, sou comum, mas sou unica hahahah)entenderam???
    espero que sim, odeio quando não me faço entender!!

    ResponderExcluir
  26. outra coisa que queria dizer, pq deixaram eu subir no palanque e agora aguentem!!

    plemica, pessoas, vamso fazer polemica!!
    nada de ficar em cima do muro, com medo da reação do outro.. vamso nos expressar, so assim viveremos sem amarras..
    Rafa me citando uhuuuuuuuuuu eu posso tudo depois disso..
    gentemmmmmm vcs perceberam que a Rosaninah veio aqui, comentou o comentado de todos, menos o meu??
    senti uma certa dicriminação?? como eu sou uma pessoa comum, normal, eu to com muito coiumes.
    ciumes saindo pelos olhos, orelhas, ouvidos
    hahahhahaahaha
    eu to falando serio

    ResponderExcluir
  27. gadernal?? esse negocio é meio forte ne.. sera por isso que ele e´meio aereo???
    eu vou ter que contar essa historia aqui
    não vai ser tão engraçado quando aconteceu ontem, mas vamos la
    peguei o tel e liguei para o rafa..
    conversa vai conversa vem..
    eu estou naqueles dias de chorar para ele, dizendo que meu namorado ta me obrigando a ir pra a borda, fazendo aquele dramalhão de novela mexicana, pq eu sou humana, eu necessito de minhas pequenas reclamações e ser implicante, sem isso eu não sou eu!! eu sou feliz assim!!
    e to la tudo, por fim eu viro e falo:
    Paula fala:
    - quer saber rafa, eu vou nesse casamento, sem conhecer noivo, noiva, as 5 horas da tarde para suar como uns porco naquele lugar, vou gastar dinheiro com roupa e cabelo, mas eu vou!1 vou aproveitar para fazer um protesto na porta da igreja.
    -Rafa fala: vc vai fazer um power point na igreja??
    hahahahahhhhhhhh
    depois de meia hora de risadas, desligamso o telefone
    sem entender nada!!

    ResponderExcluir
  28. sabe uma epssoa qu eue gosto bastante e ele era tão mundano, ele sentia tanto, tinha tanta coisa dentro dele..
    eu faço que a gente tem que se permitir sentir pequenas dores.. eu eu amo a historia de vida dele.. ja li biografias, sei fraes.. li um livro que ele fala de amor e sexo
    querem saber quem é?/ resposatas no proximo capitulo
    santo agostinho..
    ele é apersonificação do que a rosaninha falou hj!!
    sua oração preferida era:- deus que me torne santo, mas por hora não!!!
    hahahhahahhahaha
    quer coisa mais comum que isso!! deus me de bons fluidos, mas deixa eu ser eu, deixa eu viver.. deixa eu mostrar o que tem dentro de mim
    caraca eu to poeta!!!

    ResponderExcluir
  29. Gente eu ja passei aqui hoje mas o assunto ficou me pertubando a cabeça. Ai como to sem nada pra fazer voltei.
    Eu tenho uma repugna (sim é essa palavra) tão grande por gente que quer fazer a linha "o diferente". Tem aquela pessoa que acha que é mais feliz do cosmo... vive rindo igual hiena mesmo quando perde a hora, rasga a meia calça, pisa na bosta do cachorro e toma comida do chefe e quer te persuadir de todas as maneiras que você tem de ser feliz igual, porque ser feliz é bom sabe e as endorfinas e bla bla bla... e tem a linha que eu quero por fogo, que é o depressivo. Pode acontecer tudo de bom, o fidumaégua ta lá, de bico, encostado feito musgo na propria tristeza, nada é bom e ele vive "oh céus oh vida oh azar" e ainda te diz... se você soubesse como dói...
    Eu?????? ah eu sou louca mansa... feliz quando to feliz, triste quando to triste, chuto balde, falo sozinha, dou risada, choro tenho medo, tenho coragem e o melhor de tudo é saber que isso sou eu, sem máscara, sem tipo, sem nada!
    Ufa falei tudo... agora me vou rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  30. Isso que a Paula disse foi verdade!
    Do jeito que ela é louca, não duvidaria se ela levasse um powerpoint pra passar na festa de casamento de quem ela nem conhece...
    hahaha

    Brincadeirinha!
    A Paula é tão glãmur quanto a Narcisa Tambure...!
    Ela levaria um super vídeo, no maior estilo Filtro Solar!
    hahaha

    ResponderExcluir
  31. Eu sou transparente, na maioria das vezes. Ou seja, quando eu fico triste, todo mundo saca.
    E um dos meus maiores medos é ser previsível.
    Ficar chato, na mesmice.

    Santo Agostinho que me dê criatividade! hehe

    ResponderExcluir
  32. Paulinhaaaaaaaaa, amor da minha vida. Eu não vi/li seu comentário naquela hora.
    Foi assim, abri a janelinha aqui e "danei" a falar, na hora não tinha nada seu...
    "credita neu?"
    diz que sim, diz que sim.

    Adorei seu comentário Paulinha, os vários, aliás. E a frase que o Rafa destacou foi 10, foi MA-RA.
    Podia tanto ter tido a idéia dela, sabia? Ai que inveja.
    Gente comum e normal tem inveja e confessa. Tem ciúme e confessa, como a Paulinha confessou ciúme deu...

    ResponderExcluir
  33. Mas então, filhote,foi sobre o babado chato dos blogs que lia sobre "ai, como dói" que a Jéssica se referiu depois é que eu me referia.
    Genteeeeeeeee, que pavor eu tenho de gente triste por opção, sabia? NÃO SUPORTO!

    Haline, hahaha vestiu tiquim a carapuça é? Então cuide-se, pra não se tornar um manual. Nada há mais chato que isso numa pessoa, sobretudo, tão bonita e inteligente, assim como você!
    "Sugerir" caminho bom, é bom, continue só nessa linha que já tá de bom tamanho.
    Pois há dias sim, que a TPM toma conta e a vontade é de mandar todos pra PQP, sem exceção. Há dias em que o olhar feio do outro, parece ser dirigido a nós, mesmo não sendo...
    Palavra de uma mulher com mais de meio século de vida e que é MA-RA!!!

    ResponderExcluir
  34. Pois é assim, eu também me acho o máximo tem dias, assim como a minha "ídola" PAULINHA!!!
    Mas eu queria ter essa sabedoria de Paulinha, olha só como ela conseguiu "enfiar" Santo Agostinho no comentário do post...

    Voltando à Jéssica agora, ela me fez, no seu total momento desabafo, me lembrar de uma dessas negras pessoas que quando não tinha nada pra reclamar clamava pela mãezinha que havia morrido.
    "ai, só minha mãezinha me compreendia".
    E olha que a tal pessoa tinha quase meio século... hahaha
    Genteeeeeeee, vontade de matar, sabia. Intimamente eu ria, juro.
    Pecado,certamente.
    Ai, meu Santo Agostinho!!!!
    Meus sais!!

    ResponderExcluir
  35. Cadê minha filha??????
    Como sou infeliz!!!!!!
    Ela também detesta gente que só faz reclamar...

    ResponderExcluir
  36. Voltar ao trabalho, porque alguém tem que trabalhar nessa bodega!!
    Ai, como isso dói (momento memórias de Jéssica!!"
    ADOUUUUUUUUURO

    Eu volto mais tardim...se Deus quiser.

    ResponderExcluir
  37. GENTE .. SÓ CONSEGUI PASSAR AQUI AGORA ..
    AFF AFF AFF

    hoje tô trabalhando feito camêla. mas tô feliz demais ..

    .. nao vou comentar nada sobre o texto ou sobre os comentários, mesmo pq não li tudo ..
    vou avaliar uma cliente e depois preciso ir para um show ..

    volto amanhã ..
    beijocas

    ResponderExcluir
  38. Marinete é ÚNICA: vem pra avisar que não vem.

    Falando em única, eu me lembrei de algo que Paulinha falou num dos comentários dela: sou comum, mas sou única. Isso foi MA-RA. Eu me acho tal qual...

    O Rafa falou que tomou um babadinho pra "loucura"... gosto docê assim mesmo.

    É que eu me lembrei de umas coisinhas que ficaram pra trás...

    Beijos amores,até amanhã.

    ResponderExcluir
  39. Ah... como gosto de múltiplos de cinco, vou parar nos quarentas...

    Adoro post que bomba, nem que seja com minha mãozinha!!

    ResponderExcluir
  40. Porra meu! Quero 40.


    EU NÃO SOU NORMAL.
    Este post foi uma farsa...


    rárárárá - eis uma risada a la Dona Alvara!!

    Tá, eu não presto!

    ResponderExcluir
  41. Gente!

    Tô atrasadinho com o post do nosso convidado!
    Calma que já vai!
    Só mais uns minutinhos!!!

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi