segunda-feira, 1 de junho de 2015

Maio, eu e Junho


Tema livre
Por Laura Reis

Não é porque Agosto é o mês do Cachorro Louco que todos eles serão ruins. Não é porque Setembro é primavera que só existirão flores. E não é porque Maio é meu grande amor que ele será sempre perfeito. Pois não foi, nem de perto, “bom demais” esse mês cinco de dois mil e quinze. Exceto pelo dia antecedente ao meu aniversário, quando pude ter por perto a grande maioria das pessoas que realmente significam algo pra mim, juntas, em função de me rodear e ain. #emoção
Porque no mais, passei péssima. A saúde numa fraqueza que nem quero lembrar, a cabeça num redemoinho que nem Dom Quixote pintaria e o coração levemente apertado com tudo isso em volta. Passou. Espero.
Então Junho chega com carinhos pra melhorar qualquer saúde: tem friozinho, tem festa Junina, tem ar de Fenamilho, tem casamento, tem o início de férias-com-gosto-de-vitória-pós-mais-de-600-dias-de-espera e tem um monte de dias pela frente, pra eu aproveitar e, quem sabe, fazer deste mês algo pelo qual realmente valha a pena eu passar com minha recém bagagem linda de vinte seis anos de vida.


É isso, Diário.
Obrigada, de nada.

5 comentários:

  1. Eu quero que tudo melhore, pápápápápápá. Calma, tenha calma. Lembrei dessa musca que caetano canta: água.

    ResponderExcluir
  2. ♪ Esqueça os meses, esqueça os seus finais... ♫

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi