quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Vou ser feliz e já volto*


Tema: Livre
Por: Rosana Tibúrcio
daqui ó
Usar caixas imensas de lápis de cores e cadernos novos; estojos bonitos com borracha, réguas, lápis preto e canetas de todas as cores. Decalques, muitos decalques.
Tomar leite com nescau e comer pão de sal assado no forno com manteiga.
Ganhar tecidos e usar vestidos novos.
Ouvir músicas de roda, brincar de roda e cantar tudo de cor.
Comer suspiro da tia, sonho da avó e rabanada da mãe.
Ler as histórias infantis/juvenis e se imaginar a heroína das histórias. Reler as histórias... reler... reler...
Dar o primeiro beijo, namorar o primeiro namorado e fazer os primeiros planos para o resto da vida.
Dançar nos bailinhos, ganhar serenata, bombons e cartas.
Esperar o carteiro, abrir as cartas, responder as cartas, esperar o carteiro, abrir as...
Receber e dar abraços escondidos e apertados, beijos demorados e carícias interrompidas...
Ler romances, ler muitos romances, viver os romances lidos.
Conhecer novos amores, outros abraços e beijos, outras juras, fazer e ouvir novas promessas.
Ficar noiva, fazer planos e enxoval para a vida toda. Mudar para casa nova, arrumar as coisas na casa nova.
Andar na praia e ver o mar: em silêncio.
Sentir filhas mexendo na barriga, dar de mamar, preparar aniversário de filhas, dar beijos e presentes.
E falando em beijo, beijar na boca, falar de amor e fazer amor.
Sair às compras sozinha e sem tempo para voltar.
Ir à aula de pintura, desenhar, pintar, desenhar, pintar e olhar as obras prontas. Admirar as artes Pintar o mar.
Cuidar do corpo, entrar num programa de reeducação alimentar e ir à academia de ginástica para, também, ouvir: "Te ver e não te querer, é improvável, é impossível."
Tomar banho, pegar o carro, ir para o trabalho ouvindo as canções selecionadas. Trabalhar.
Comprar livros, muitos livros, receber os livros pelos correios, ler os livros, guardar os livros na estante e em ordem.
Ler coisas na internet e morrer de rir e dizer que está morrendo de rir.
Assistir TV, novelas, séries e programas de entrevista, vários DVDs. Ganhar e comprar DVDs.
Estudar português e outras matérias necessárias à sobrevivência profissional e pessoal.
Tirar fotos, ver fotos, organizar fotos e viajar com as fotos.
Observar pessoas, ouvir pessoas, falar com pessoas – as que ouvem.
Sentar à mesa, tomar café e contar casos. Rir dos casos. Rir de si mesma.
Fazer e ser feliz... 
Há tantos jeitos de ser feliz e os meus são assim: simples, possíveis, palpáveis.

Para a felicidade, a minha felicidade, o que vale no tempo dela é a intensidade, a concentração.
Então é isso... vou ser feliz e já volto.
Volto mais suave e certa de que soube aproveitar muitos momentos que me fizeram plena; volto com a esperança de que a vida tem ainda a me oferecer inúmeras outras situações similares. Espero ficar atenta e não deixar o carteiro dar com a cara no portão e ir embora com os livros todos que comprei, que espero ler para ser feliz mais um tiquim.
Vou ser feliz e já volto...

  
Uma linda quinta-feira para todos vocês meus amores, porque nas quintas há sempre algo diferente no ar e hoje há esperança e umas perguntas procês. Bora responder? O que faz vocês ficarem felizes? Para vocês felicidade é mensurada por tempo de duração ou por intensidade?

*Assistia à entrevista de Paulo Miklos com Marília Gabriela e estava feliz, pois concentrada.  Na entrevista Paulo falou sobre a frase “vou ser feliz e já volto” que faz parte da canção “vai acontecer de novo” e que deu título a um disco dele. Não conheço a canção nem o disco, mas amei saber conhecer frase e fui feliz enquanto assistia à entrevista. Recomendo.

32 comentários:

  1. Mas que delicia, quantas pequenas e singelas felicidades juntas! Deu até pra sentir o cheiro e o gosto de algumas. Texto bom de ler, daqueles que a gente fica leve depois.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Jéss... essa foi a minha intenção: suavizar dias tão pesados.
    beijos sua linda!!

    ResponderExcluir
  3. queria te dar essas pequenas coisas todas juntas de presente, mãe. mesmo.
    ME AJUDA.

    ResponderExcluir
  4. nunca sei se comento como mãe ou BLOGUEIRA

    ResponderExcluir
  5. o pão de açúcar tem aquela campanha linda e o conceito "o que faz vocÊ feliz", né?

    ce conhece, rosana?

    ResponderExcluir
  6. heheh me chame como mandar seu coração!! Não resisti.

    ResponderExcluir
  7. Não conheço a campanha. Responda a minha pergunta...rs
    hehehe

    ResponderExcluir
  8. hahaah ai

    aqui oh http://www.youtube.com/watch?v=DsKJOUPByws

    ResponderExcluir
  9. e ver você citando as pequenas coisas que fazem você feliz, me faz feliz, mamãezinha.

    ResponderExcluir
  10. O que me faz ficar feliz? Poxa vida, quase tudo o que você disse e outras coisinhas mais.

    ResponderExcluir
  11. Felicidade é intensidade, né. Não tem como não ser.

    ResponderExcluir
  12. PESSOAS ME FAZEM FELIZ, MOMENTOS COM ELAS... DE NADA ADIANTA TER UMA CAIXA DE LÁPIS DE COR SE NÃO TER COM QUEM COLORIR... E A FELICIDADE É O MOMENTO, ENTÃO, SEMPRE A MESMA É MENSURADA POR TEMPO, POIS AO MEU VER É IMPOSSÍVEL DIZER QUE É INTENSIDADE, MESMO PORQUE NÃO EXISTE MEIA FELICIDADE, OU ESTA FELIZ OU NÃO (INFELIZ OU A DERIVA DA VIDA)...

    *A LETRA EM CAIXA ALTA FOI DEVIDO O TEXTO TÁ TÃO BOM QUE ME DEU VONTADE DE GRITAR


    BJOS

    ResponderExcluir
  13. Puttzzz, gritou mesmo... que agonia... heheheheheheeh

    Somos diferentes nesse aspecto, Limão querido.

    Sou tão feliz e INÚMERAS coisas, SOZINHA.
    Não preciso de companhia para ir às compras - se eu tiver dinheiro; colorir, pintar, assistir seriados e entrevistas, andar e na praia e ver o mar, ler...
    Muita coisa eu sou feliz assim: eu e eu.

    Você jura que precisa de alguém para colorir? Que tudo! Que diferente!

    AINDA TE AMO, apesar da caixa alta... hehe

    ResponderExcluir
  14. Escrevi tudo erradinho num comentário. Cês entenderam? Grata!

    ResponderExcluir
  15. Outras coisinhas que me deixam feliz:

    - sensação de dever cumprido;
    - adoção;
    - brincar um pouquinho com jogos (podem ser tanto os virtuais quanto os que jogamos quando vou aí na sua casa, boUUUa)
    - ter tempo pra poder fazer o que me deixa feliz já me deixa feliz também...

    uauhauhahu

    ResponderExcluir
  16. Eu também sou feliz sozinho, mas sou hiper feliz junto...

    ResponderExcluir
  17. Lindos. Vou acrescentar mais um trem: sou feliz quando vejo casal lindo como vocês dois. Casal que se respeita, torce um pelo outro, se admira... sascoisa.

    Quero ser madrinha!!!

    ResponderExcluir
  18. Da série "Eu queria ter escrito esse post".

    ResponderExcluir
  19. Gostei tanto!
    Pode virar uma tema da semana, hein.

    ResponderExcluir
  20. Além de tudo isso que a sra falou, eu fico feliz com Ferrero rocher, historinha do Horário, presentes inesperados, mensagens e emails inesperados de quem tô com saudade, roupa nova, ensaios e apresentações (e cerveja! rs) com o pessoal do LEBIZARRE e o Cantus Quatro e FALAR COM A SENHORA POR TELEFONE!!!

    ResponderExcluir
  21. Vamos ser felizes juntos nessa semana, mainha?!

    Porque, olha... Não tá fácil, não!

    ResponderExcluir
  22. Neste blg a(o) autor esta fazendo a listagem de 50 coisas que o(a) faz feliz: http://devaneiosemetamorfoses.blogspot.com.br/2013/02/50-coisas-que-me-fazem-feliz-3.html

    ResponderExcluir
  23. Filhote, eu sabia que você ia gostar do post - do tema - quer dizer. E sim, vamos conversar nesta semana? Quarta-feira, pode ser?
    Saudade demais.

    ResponderExcluir
  24. Limão, eu vou no seu blog depois, tá? Vou lá te ler. b eijosssssssssss

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi