quinta-feira, 20 de junho de 2013

Pra depois das paixões

Tema: amar é
Por: Rosana Tibúrcio


"Amar é dizer sim. Sem paixão." Esse foi meu último comentário no post do Limão. É no que EU acredito.

Acredito que qualquer tipo de amor e suas demonstrações são reconhecidos e identificados – quando dimensionados – sem resquício algum de paixão. Nenhum tipo de paixão ou sentimento tão intenso e avassalador quanto. O amor verdadeiro sobrevive à pequenez da raiva, da mágoa, da falta de gentileza ocasional.

O amor verdadeiro ultrapassa o tempo desses sentimentos ruins que quase acabam com nossas forças e que só não acabam porque o amor tá lá: firmão e regando as relações. 

Quem ama sente raiva, mágoa e até trata, ocasionalmente, sem gentileza, aqueles a quem ama. E quando esses sentimentos ruins passam, o amor está ali apontando e sugerindo um pedido de perdão ou desculpas. E o amor verdadeiro pede perdão e perdoa.

O amor verdadeiro ultrapassa, inclusive, a sua não mais existência no campo do palpável, em se tratando de amor romântico/sensual. Os outros dois tipos de amor nunca terminam.  Já o amor romântico sobrevive ao término... nas memórias, na saudade, na pesagem. Só quem amou de verdade é capaz de reconhecer esse amor nas sobras do que existiu um dia e alimentou um casal. E essa sobra tem que ser boa. Como reconhecer se um amor que não mais existe era verdadeiro? É não visualizar nessa “sobra” a vergonha.

Amar é constatar que a pesagem do amor resulta sempre positiva. Amar é nunca sentir vergonha: nem do amor nem do objeto do amor.


Uma linda quinta-feira para todos vocês, meus amores, pois nas quintas há sempre algo diferente no ar e hoje há o amor. O amor verdadeiro. Sem paixões.

10 comentários:

  1. UAU!


    Amar é: fluir um texto sobre amor, vindo das entranhas, de quem ama/amou/amará

    ResponderExcluir
  2. Entranhas não hahahah por favor. .... tenho crises de riso com essa palavra.

    ResponderExcluir
  3. õ trem complexo o tal do amor, não é mesmo?

    ResponderExcluir
  4. O amor podia ter uma formula, tipo uma receitam né não?

    ResponderExcluir
  5. O amor podia ter uma formula, tipo uma receitam né não?

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi