sexta-feira, 29 de junho de 2012

É drama? Então é comigo mesmo.


Tema: Séries
Por Taffa

Drama, seu lyndo!

Posso afirmar que o drama é meu gênero favorito para praticamente todo tipo de coisa. Gosto dele nos livros, amo nos filmes e considero os seriados dramáticos os melhores existentes.

Muitas de minhas séries favoritas já acabaram, o que permite que os interessados aproveitem as dicas e assistam tudo sem ter de esperar pelas próximas temporadas, mas alguns seriados ainda se arrastam e, infelizmente, tem perdido o fio da meada e se tornado desinteressantes e prolixos demais de algum tempo pra cá.

Sem sombra de dúvidas uma das melhores séries da atualidade é Breaking Bad. Ela retrata o cotidiano de um professor de química que, mesmo com uma esposa grávida e um filho com paralisia cerebral, é diagnosticado com câncer de pulmão em estágio terminal. Diante disso ele se obstina a gerar uma herança que seja grande o suficiente para permitir que sua família sobreviva após a sua morte e adentra no mundo do tráfico de drogas, fazendo uso dos seus conhecimentos químicos para inventar drogas muito mais poderosas que as existentes. O interessante de Breaking Bad é a forma que os personagens são construídos e a nova concepção que você adquire sobre o mundo do tráfico, quando passa a perceber que, certas vezes, os traficantes (que normalmente são retratados como vilões), não são completamente culpados e só chegam até aquela posição por serem vítimas da sociedade.

Outra série que entra na minha lista de favoritas é Six Feet Under, que retrata a vida de uma família que é dona de uma funerária e analisa, junto aos mortos que passam por lá, as concepções do que é a vida e o que realmente precisamos para termos a felicidade plena. A série mostra um drama convencional de família, lidando com assuntos como infidelidade, homossexualidade e religião. Ao mesmo tempo, se distingue de outros títulos por abordar o tópico da morte de forma diferente, explorando os seus múltiplos níveis, pessoal, religioso e filosófico, não a tratando apenas como um mero ímpeto conveniente, mas algo que pode ir muito além de um simples final.

Como já foi dito aqui, Dexter também é (ou foi) uma das melhores séries da atualidade, mas, em minha opinião, perdeu totalmente o foco e se tornou prolixa demais pro meu gosto. Prefiro bem mais as primeiras temporadas ao drama mexicano que o seriado se transformou de uns tempos pra cá.

Abordando dois temas que eu simplesmente adoro, drama e fantasia, True Blood é o melhor roteiro vampiresco da atual televisão. Ganha em disparada de outras coisas infantis, como Crepúsculo ou Vampire Diaries, e retrata a vampirologia da forma mais verossímil possível, podendo ser, até mesmo, comparada aos grandes títulos da literatura.

Pra fechar o post, outra série que se tornou um ícone no mundo do drama foi, sem sombra de dúvidas, Prison Break. O seriado de plot extremamente simples, mas genial, gira em torno de um homem que foi sentenciado à morte por um crime que supostamente não cometeu e, diante disso, enxerga seu irmão se transformar noutra pessoa ao elaborar um plano para conseguir tirá-lo da prisão antes que a sentença seja executada. O drama é psicológico e envolvente, ótima escolha para quem está a fim de assistir algo alucinante e surpreendente.

Bem, espero que tenham gostado. Boa tarde, boa sexta e bom final de semana.

27 comentários:

  1. Taffa, seu lindo, eu comecei a baixar Six Feet Under, por sugestão de Caio Castelhano, meu amigo cuti cuti do face e do twitter. Não sei porque parei. Parei por quê???
    Agora estou em dúvida se começo a ver essa ou House. Acho que assistirei essa.

    ResponderExcluir
  2. Essa True Blood, muito provavelmente, eu não verei. Não me atrai nada nesse estilo de Crepúsculo, vampire... sascoisa.
    Por outro lado, Prison Break foi a primeira série que me chamou a atenção. Antes deu assistir qualquer uma.
    Olha, fiquei com vontade.

    ResponderExcluir
  3. Essa True Blood, muito provavelmente, eu não verei. Não me atrai nada nesse estilo de Crepúsculo, vampire... sascoisa.
    Por outro lado, Prison Break foi a primeira série que me chamou a atenção. Antes deu assistir qualquer uma.
    Olha, fiquei com vontade.

    ResponderExcluir
  4. Adoro Dexter e não vejo o mesmo defeito... Mas né, eu sou crua nessas questões.

    ResponderExcluir
  5. oi boUUUa, realmente True Blood é só pra quem gosta de vampiros.

    É o meu lado brega e eu adoro ahuuhahuahua

    ResponderExcluir
  6. é... eu não ia gostar.
    Voltar a baixar SFU, baixei até o 2º episódio da 2ª temporada. Vamos ao trabalho... rs

    ResponderExcluir
  7. Sobre Dexter, também sou suuuper fã da série, mas é questão de gosto mesmo.

    O seriado perdeu o sentido inicial ao longo de longas sete temporadas.

    Não acaba nunca. Isso cansa.

    ResponderExcluir
  8. Meus amores, filhote Rafa vai participar de um festival, com o Cantus Quatro, se não me engando, em Diamantina. Não sei o dia nem a hora ainda, quando ele me contar eu coloco aqui pra torcemos por ele.

    Vamos à corrente do bem?? iurúúú

    ResponderExcluir
  9. É com o Cantus Quatro, não sei porque coloquei se não me engano... rs

    ResponderExcluir
  10. [e você ainda colocou se não me enganDo, mamis. haha]

    ResponderExcluir
  11. olha, também fiquei com vontade de assistir Six Feet Under.. baixaí mamis.

    ResponderExcluir
  12. eu não sei se eu realmente não gosto de coisas definidas (tipo "gosto de drama") ou se eu não gosto porque não sei definir as minhas preferências.
    tenho achado que é a segunda opção.
    mas, mesmo, não sei dizer do que realmente gosto.

    ResponderExcluir
  13. sei que henrique vai postar amanhã.
    mas vou tentar fazer um post legal e colocar domingo (com a data de segunda, claro).

    ResponderExcluir
  14. mamaeeeeeeeeeeeeee
    tem o dexter no six feet under!

    não o dexter o michael c hall


    taffa, eu não vou achar que é o dexter nao?

    ResponderExcluir
  15. A gente nem pode enganDar...

    Eu vi o Dexter no SFU e já voltei a "baixação" aqui...
    O micro tá lendo, Faltando ainda 5 minutos pra baixar o terceiro episódio.

    iurúú

    ResponderExcluir
  16. Queremos post da Laurinha.

    Mais tarde eu programo o do Henrique.

    ResponderExcluir
  17. HUahuauhahu, exatamente, tem o 'dexter' no Six Feet Under!

    Ah, e o papel dele é completamente diferente, vocês não vão achar parecido.

    Aliás, Six Feet Under tem dois nomes que gosto muito: Michael C. Hall e Frances Conroy.

    Não comentei antes pra fazer surpresa, hauhuahau!

    ResponderExcluir
  18. OPA!! Falou meu nome, eu apareço, tipo a loira do banheiro! hahahaha
    Taffa, sem dúvida alguma Six Feet Under tem, para mim, o melhor final de série!! Nunca me esqueço de quando eu o assisti, há anos, ainda quando passava na HBO!!
    Agora, meus amigos, True Blood é muita corcância para uma série só, é muita sambada na cara da sociedade conservadora ocidental! hahahaah... Mas aviso logo, tem que ter a mente aberta para bizarrice!
    Mas me diz ai, Taffarel, vc chegou a dar chances para Vampires Diares?? É muito bom, e passa longe, beeeeeeeeem longe, de Crepúsculo!

    ResponderExcluir
  19. UAU disso aqui ..
    .
    Quero assistir também SFU

    ResponderExcluir
  20. Preciso aprender a baixar essas séries .. MÃE .. ME ENSINA?

    ResponderExcluir
  21. olha, também fiquei com vontade de assistir Six Feet Under [2]

    ResponderExcluir
  22. A Fer, que canta comigo no Cantus Quatro, adora séries e sempre me fala do Breaking Bad!

    ResponderExcluir
  23. E por falar no Cantus, participamos da primeira eliminatória do Primeiro Prêmio de Música das Minas Gerais.

    Não passamos... =[

    ResponderExcluir
  24. Oi Henrique, só agora vi seu comentário.

    Eu vi os primeiros episódios de Vampire Diaries e não gostei mesmo.

    Acho que isso vai de feeling. Não gosto de nada que transforme os vampiros em algo inferior à raça humana, ou, pior, os tente humanizar, por isso sou fã do vampirismo de Anne Rice. Em True Blood eu prefiro os vampiros antagonistas e acho o Bill a coisa mais chata do mundo, inclusive.

    Abç!

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi