terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

O vencedor

Tema: Competitividade
Por Rafael Freitas


Eu acho possível, sim, comparar a vida a um jogo.

Você acorda e o jogo começa. Os dados vêm não se sabe de onde e a gente tem que criar estratégias para ganhar o dia, ganhar dinheiro, ganhar amigos, ganhar reconhecimento, ganhar tempo, ganhar amor. E sem querer, por uma estratégia não tão bem calculada, a gente perde também. Perde tempo, perde a confiança de alguém, perde a oportunidade de ter ficado calado, perde a razão.
Tem gente que diz que o importante não é ganhar, mas participar. Pode até ser.
Penso um pouco diferente: o importante, e difícil, é saber ganhar e saber perder. Nem sempre vale a pena arriscar todas as minhas fichas.
Aí eu entro no jogo mesmo é para me divertir. E vou cantando forte um bonito refrão*: "E eu que já não sou assim, muito de ganhar, junto as mãos ao meu redor, faço o melhor que sou capaz só pra viver em paz"...


*Da música O Vencedor - Los Hermanos.

4 comentários:

  1. E que nossos ganhos compensem todas as perdas...! Amém! rs

    Adorei o texto, Rafa!!

    ResponderExcluir
  2. A Bia me apóia, me admira. Eu góstio dela, eu vou na casa dela!

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi