sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Só na sombra (da pirâmide) e água fresca (do Nilo)

Tema: Época em que gostaria de ter vivido
Por Taffa


Antigo Egito. 3150 a.C. As civilizações do Alto e Baixo Egito se unificaram sob o controle do primeiro faraó: Menés. A dinastia egípcia se transformou num reino tão extenso que ia até onde a vista alcançava e a escrita começou a ser desenvolvida a partir de rascunhos que mais tarde se tornariam os hieróglifos (ou desenhos de pessoas usando lápis de olho ao lado de cachorros pescoçudos de colar).

A partir daí, um salto até o Império Novo. 1550 a.C. A era da prosperidade, quando os faraós governaram uma civilização já desenvolvida e o Antigo Egito atingiu seu auge: cheio de pirâmides, deuses com cabeças de animais e banquetes fartos. Tão fartos, que devem ter engordado os soldados, pois foram conquistados por uma sucessão de potências estrangeiras, caindo sob o Império Romano em 31 a.C. na Batalha de Ácio, durante o tempestuoso reinado de Cleópatra VII.

Aliás, aquela mulher era um poço de inteligência. Foi uma grande negociante e estrategista militar. Não era só um rostinho bonito igual ao filme da Elizabeth Taylor, pois falava seis línguas e conhecia filosofia, literatura e artes gregas. Antes da queda do Antigo Egito, havia compreendido que Roma era a nova potência do Mediterrâneo e criou relações amigáveis, claro, cheia de segundas intenções.

Casou-se com seu irmão, teve um filho e marcou um encontro com Júlio César, com o intuito de presenteá-lo com um tapete. O presente foi aceito de muito bom grado, pois quando aberto e desenrolado, revelou que a própria rainha estava em seu interior. Ela então passou a ter um caso com o Ju (sou íntimo), no que ficou conhecido como a maior história de amor daquelas bandas. O que também a ajudou a estabelecer seu poder no país, pois tornou-se regente do Egito.

Mas, né, como “o pra sempre, sempre acaba” Júlio César foi assassinado por um grupo de senadores romanos. Todos invejosos, porque o cara tinha poder, dinheiro e mulher bonita. Após os ritos fúnebres, ela voltou para o Egito, envenenou friamente seu marido (alô, novela da Globo?) e alcançou novamente a soberania, junto a seu filho, que passou a ser co-regente.

É aí que eu entro, meus queridos. Eu queria ser o filho dela. O resto da história vocês esquecem, porque eu iria refazer.

28 comentários:

  1. Meu Deus, uma aula de história em plena zero hora da sexta-feira. MedAAA!

    ResponderExcluir
  2. Aposto que essa mensagem oculto tem sexo no meio... hauahauahs

    ResponderExcluir
  3. Amanhã eu volto pra reler o post, fazer comentários mais decentes e decifrar a imagem.

    Mas aqui, tinha música nesse tempo não, né?

    Numn tempo desses sem Vinícius, Chico, Tom ou Caetano só com muita sacanagem...

    ResponderExcluir
  4. imagem oculta que nada isso é puro kama sutra aposto.
    .
    rummmm

    auhassuahsuahs

    ResponderExcluir
  5. Escutaqui, ensinei três mil anos de história num único post. De nada, viu

    ResponderExcluir
  6. e se eu não fizer a menor ideia do resto da história?

    ResponderExcluir
  7. pulei dois parágrafos.

    história me dá calafrios
    ;)

    ResponderExcluir
  8. mas isso foi na primeira leitura.
    depois eu li tudo.

    e preferi nao ter lido -to DE BRINKS

    ResponderExcluir
  9. mas isso foi na primeira leitura.
    depois eu li tudo.

    e preferi nao ter lido -to DE BRINKS

    ResponderExcluir
  10. mas oh... vou usar isso de me enrolar num tapete.
    certeza.

    ResponderExcluir
  11. hahahaha Quem sai aos seus não degenera. Fechou o dito popular, porque ontem eu também pulei parágrafos, porque história...

    Mas hoje li tudo, viu? juro, jurado... rs

    ResponderExcluir
  12. Como assim, "casou-se com seu irmão"? Incesto?
    Num falo que história me CANFUNDI

    ResponderExcluir
  13. Gente a Nina disse kama sutra, eu não disse que era sobre sexo esse trem?

    O lapso existente entre um comentário e outro é porque tô relendo, relendo, pra aprender história com o nosso mais lyndo titier.

    Desculpaêê a pronúncia, é que não sei falá ingreis...

    ResponderExcluir
  14. ninguém me ama.



    se eu não voltar mais é porque suicidei

    ResponderExcluir
  15. ninguém gosta de história do Egito.



    História do Brasil que é boa né -n

    ResponderExcluir
  16. ninguém leu tudo da primeira vez.



    #taffareldadepressão

    ResponderExcluir
  17. Aposto que essa mensagem oculto tem sexo no meio... hauahauahs [2]

    ResponderExcluir
  18. Tipo, se a gente não decifrar a mensagem, cê conta depois o que é, Brant?

    ResponderExcluir
  19. Ou já que estamos no Egito, vamos brincar de Esfinge?

    Decifra-me ou te devoro.

    #ui

    ResponderExcluir
  20. ui ui ui ...
    .
    tô xókdáça
    .
    hahahahah

    ResponderExcluir
  21. agora q li sobre ter uma mensagem oculta na imagem.. tava entendendo nada rsss

    ResponderExcluir
  22. cof cof cof ... até agora ninguém decifrou a mensagem.
    .
    né???

    ResponderExcluir
  23. ahahahahah!

    Gente, é super simples.
    Está escrito "Guaraná com Canudinho" no hierógayfo.

    Só dar uma olhada na forma em que os símbolos foram repetidos, tipo as três letras "A" do "Guaraná".

    Beijos, bom fds.

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi