segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Ai que fome

Tema: Comida
Por Laura Reis


Eu sei lá, estou tão cheia nesse momento, mas tão cheia que tudo o que eu consigo pensar é em comida. Eu penso que quando há churros, deveria haver Fenamilho com mozão do lado. Que quando eu penso em tutu de feijão, isso mesmo tutu de feijão, eu só me lembro da Vó Gasparina. E galinhada só me remete às comemorações lindas em casa com a família toda se servindo no mínimo duas vezes. Frango caipira (será que é essa a categoria?) me lembra a tia Aparecida e a Neide, porque fazem os melhores. Se é macarrão farfalle com tomate cereja, não tem como ignorar a Nay e o Vitão, também conhecidos como sorvete de pistache, prazer. Nay também me lembra o caldo de feijão do Cacau. E a Nay Martins me lembra a lasanha do Antares de baixo e a parmegiana a palito do Antares de cima. Com frango surpresa, me lembro da Nina, assim como com os petit fours. Clacla me lembra lasanha de quatro queijos da Sadia (fazer o que, né manas?), jardineira também congelada e, obviamente, arroz. Bolo gelado tem cara de Ana Amélia e pastelzinho de frango de Ana Maria. Já os pastéis fritos me lembram a Quitandina, enquanto as Catarinas são a cara da Elis Marina e o pão sovado, meu Deus, Vesúvio, sim. Falando em Vesúvio, os salgadinhos de massa folhada (esfoliada!) me foram entregues pelo Thiago uma vez. Croassonho me lembra Bianca e obviamente que uma marmita de macarrão com batata doce é a carinha do Ferps. Chá Mate e Sucrilhos parece que me lembra a minha vida inteira. As rosquinhas Mabel serão sempre relacionadas à tia Nelma. Mesmo que tenha sido feito uma vez na vida e sob pressão, não consigo não lembrar do Rafa quando penso em palha italiana. Aquele macarrão de panela que ninguém nunca saberá fazer igual, me lembra o Paulo e nossos tempos de Marista, o que me leva imediatamente a pensar em como a Claerrô era um point bom durante o colegial. Melancia sempre me remete à vontade iminente de ir morar com o meu pai apenas por saber que quando houvesse, estaria prontinha, cortadinha e sem sementinha pra eu comer. E não se preocupe Rosaninha, se tem estrogonofe, feijão preto, bolinho de arroz, moela e purê de batata, café, café, café, e, agora claro claro, um monte de salada, eu me lembro de você, sim. 

16 comentários:

  1. Genteeeeeee, que delícia de post. Tão delícia que só no final, na última linha, dei falta de mim. E tava eu lá!!!

    ResponderExcluir
  2. Simplesmente melhor post dos últimos tempos. Que delícia. Me identifiquei com mate e Sucrilhos lembrar minha vida inteira.
    Amei demais!!!

    ResponderExcluir
  3. ai do nada moh vergonha de não lido ou comentado nos últimos posts

    ResponderExcluir
  4. que bom que vocês gostaram do canal, meninas

    tem sempre conteúdo fresquinho não deixem de perder
    (hihihihi brinks porém sincero sdds

    ResponderExcluir
  5. Definitivamente você é minha escritora predileta!

    ResponderExcluir
  6. NA VERDADE QUERO TODAS AS COISAS DESSE POST COM VOCÊ AGORA, MANINHA

    ResponderExcluir
  7. Só acrescentaria o seu misto quente e os biscoitos com chá ou suco detox da mainha. rs

    ResponderExcluir
  8. MENTIRA!
    Acrescentaria abacaxi com Nutella tbm! rs

    ResponderExcluir
  9. Rafa coma biscoitos Mabel comigo?

    ResponderExcluir
  10. Me deu fome. Gostoso de ler tanto quanto de comer.

    ResponderExcluir
  11. Sentindo cheiro de tudo Laurinha.
    Até das minhas bolachas.

    ResponderExcluir
  12. helô venha logo criar lembranças alimentícias comigo!!

    ResponderExcluir
  13. Será que a tia Nelma sabe que não precisa me convidar duas vezes pra comer biscoitos Mabel com ela? rs

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi