segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Tocar de novo x Ignorar

Tema: Faça chuva ou faça sol
Por Laura Reis

Ele me acompanha desde sempre, claro. Por um período da vida (escolar, inclusive, mas não exatamente na escola de fato) eu pude aproveitá-lo ao máximo. Lembro como se fosse mês passado - já que não é tão nítida a lembrança, quando dava pra curtir a tarde toda. Toda mesmo. Depois do almoço atéééé o quase anoitecer, sabe? Eram horas em sua função.
Não tenho lembrança de antes disso, não. Mas pelo que dizem de como eu era, mesmo dentro da barriga, faz algum sentido toda essa dedicação por anos.
Atualmente perdi um pouco o tino. Parece mais nostalgia, querer fazer pra ser como sempre foi, do que de fato acontecer por uma razão atual, sabe? Mas ainda adoro. Ainda me faz sonhar acordada e, antes mesmo de me levantar pela manhã, querer um pouco mais. Porém, responsável que sou com o trabalho e perdedeira de tempo nos momentos de lazer, acabo deixando pra abusar mais no fim de semana. Inclusive saudades.
É meio assim, independente do tempo lá fora, minha relação com o sono, do verbo dormir e da ação clicar em “Tocar de novo” em vez de “Ignorar” o despertador.

8 comentários:

  1. se bem que fiquei irritada querendo ver o fim do livro... oppss, fim do post

    ResponderExcluir
  2. Genteeeeee, ela dormia a tarde inteira mesmo. Eu estudando. Se tivesse sido o contrário quem sabe que tava com o boi na sombra?

    ResponderExcluir
  3. eu ja coloco o despertador um tempo antes só para dormir mais.

    ResponderExcluir
  4. eu tenho uma estranha relação com o sono, ora adoro, ora odeio...

    ResponderExcluir
  5. Quem sabe, heim Rosana??? Mas ainda dá tempo... Laurinha bora estudar e passar em um concurso para sei lá... presidente do banco do brasil, ou da Petrobras...

    kkkkk

    ResponderExcluir
  6. Não tem dias que dá vontade de jogar o despertador na parede???

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi