segunda-feira, 27 de agosto de 2012

A primeira vez.


Tema: livre.
Por Laura Reis

Não. Não é nada disso que você está pensando. Essa é a história da primeira vez que uma amiga minha não quis mais existir.

Sempre que o dia começava, o pensamento de que poderia ser melhor que o anterior era uma certeza. A única certeza.
Então, naquele sábado combinou com seu novo namorado de que, finalmente, iria pro almoço na casa dele. Conhecer os sogros, os cunhados e até o cachorrinho que ele tanto falava que ela gostaria.
Ele chegou pra lhe buscar em casa e elogiou a produção. Que ela estava detestando. Ousou colocar um vestido em vez de suas seguras e confortáveis calças jeans de cada dia. Mas é que precisava parecer um pouco mais feminina pra nova família. Certa vez o contrário não deu muito certo.
Infelizmente escolheu o sapato errado. Não que o salto lhe fosse um problema, mas é que era aquele que apertava o calcanhar. Ou o tornozelo. Ou o... nunca sabia os nomes das partes dos pés e pernas e tronco e braços.
Começou a perguntar como estavam as coisas lá na casa: a mãe, os irmãos, a cachorrinha estava de bom humor, o que ele disse sobre ela pro pai. Ele riu de todas as perguntas e só disse que a mãe havia preparado um cardápio especial.
Ouviu a palavra cardápio e ficou vermelha, roxa, cinza e deu uma segurada de leve no braço que ele segurava o volante: o que ela fez? – perguntou, lembrando que ele ainda não sabia que ela era vegetariana. (E isso não é tão estranho assim, se considerar que ela sempre evitava sair pra lugares com comidas no cardápio, só pedia seu chopp e nunca tinha chamado ele pra sair pra comer alguma coisinhas nesses..cinco meses de namoro. Ok, é estranho. E em qualquer lugar ela poderia inventar que já tinha comido em casa e não estava com fome, mas não num dia especial de almoço junto da família do namorado.) Ele, claro, riu mais uma vez e continuou a falar sobre outro assunto aleatório.
Decidiu esquecer isso. Só que não conseguia. Não até chegar na porta da casa dele. Que, aparentemente, já conhecia. Sentiu que já havia passado por aquilo antes e chegou a comentar com ele, mas chegaram a conclusão de que era um deja vu qualquer.
Mas, claro, não era. Ao abrirem a porta viu aquele mesmo casal e aquelas mesmas crianças gêmeas e aquele mesmo cachorro que conhecera há dois anos quando começou a namorar... aquele que vinha chegando na porta pra se juntar ao resto da família: o irmão de seu atual namorado.
É que na época ele (o atual namorado) estava pra um intercâmbio.
E desde que aquela mesma mulher lhe preparou um lombo assado nunca mais quis saber detalhes da família de nenhum rapaz.
É.

31 comentários:

  1. Saudades do guaraná... tensa a situação!!!

    ResponderExcluir
  2. Lição 1: nem tanto ao mar nem tanto à terra.

    ResponderExcluir
  3. Lição 2: ser vegetariano é uma bosta, vamos combinar...

    ResponderExcluir
  4. Sem lição, agora. Adoro gente que faz intercâmbio.
    Queria um neto que fizesse intercâmbio!
    Acho digno, chique.

    ResponderExcluir
  5. Adorei a volta do Guaraná e estipulo uma multa astronômica àquele que deixar de postar semanalmente sem me avisar e sem vir aqui, depois, pedir perdão aos leitores.

    Os depósitos serão feitos diretamente na minha conta corrente: Banco do Brasil, agência 0190-2, conta x.xxx.xxx-7.
    Dados completos deverão ser solicitados via e-mail.
    Grata.
    A chefe-mor do Guaraná!!!

    ResponderExcluir
  6. Comentários da mainha cheios de indiretas, gente!

    Primeiro ela pede um neto pras meninas! Depois isso de querer ficar rica às minhas custas exigindo multas para quem não postar!

    ResponderExcluir
  7. Deste modo pode até abrir uma financiadora...

    ResponderExcluir
  8. "Lição 2: ser vegetariano é uma bosta, vamos combinar..."

    HAHAHA!

    Concordo?

    Assim, nada contra. Mas vocês me entendem, né?

    ResponderExcluir
  9. Com um dia de atraso venho dizer que:

    1. Senti saudade;
    2. Ainda sinto saudade;
    3. Laura é uma coisa linda;
    4. Vegetariano é uma BOSTA;
    5. Para acompanhar o TOC de Rosaninha.

    ResponderExcluir
  10. Gente, eu tô tentando, eu tô tentando...

    Posso mudar oficialmente para o sábado??? rs

    ResponderExcluir
  11. Fiquei sedento , ou órfão com queira, do Guaraná nesta terça... Que triste!!! Deixo meu protesto formal aqui!!!!

    Bjos e boa Quarta, ou seria terça?! Nem sei, eu marco o calendário pelo guaraná e agora fiquei meio perdido, devido a falta do que ler na terça!!!

    ResponderExcluir
  12. coloque guaraná com canudinho no google e veja uma foto do lindo do Taffarel com uma carinha irresistivelmente sexy :p
    Desculpa noivo Rafa!

    ResponderExcluir
  13. Jéss com saudade.
    Rafa com enrolação.
    Vanderley com posse.


    Olha... hehehehe

    é meu, é meu, é meu...

    ResponderExcluir
  14. faltou, Rosana, fazer mais dois comentários...afinal, 5 é um número cabalístico!

    ResponderExcluir
  15. Ah Vanderley, sem posse comigo vai... sou noiva do Rafa (explique-se Rafael rsrs).

    Agora imagino o Rafael tentando explicar que é meu noivo mesmo quando eu tinha namorada e que temos um filho chamado Vitor e que agora eu tenho um namorado de verdade chamado Lucas quem em breve será noivo de fato. Deixa pra lá rs...

    Oh Rosaninha to com muita saudade de tooodos.

    ResponderExcluir
  16. kkkkkkkkkk

    Rachei de ri de você, Jéssica... Rafael, ela te ajudou na explicação. Se eu fosse você - odeio essa expressão, então vou corrigir-, no seu caso: Eu nem me atreveria a explicar, para não complicar, ainda mais...

    ResponderExcluir
  17. kkkkkkkkkk

    Rachei de ri de você, Jéssica... Rafael, ela te ajudou na explicação. Se eu fosse você - odeio essa expressão, então vou corrigir-, no seu caso: Eu nem me atreveria a explicar, para não complicar, ainda mais...

    ResponderExcluir
  18. É, no meu caso é melhor nem explicar... agora imagina o meu namorado oficial lendo isso aqui. Imagina se ia ter explicação eu já ter um noivo pelos lados de MG? Ainda bem que ele quase não entra na internet rs.

    ResponderExcluir
  19. Jéss com saudade.
    Rafa com enrolação.
    Vanderley com posse.


    E a Rosana com que?????????


    ResponderExcluir
  20. Ainda bem, mesmo... Mas passado e passado.. deixa queto..

    ResponderExcluir


  21. Eu, vanderley (vulgo limão) espero escrever:
    Jéss com saudade.
    Rafa com enrolação.
    Vanderley com posse.

    A MARINA com pontualidade.

    ResponderExcluir
  22. A Rosana tá trabalhando, cambada de vagabundo!!!

    Depois daquela hora do facebook, Limão e Jéss, só parei agora. E é pra mandar e-mail.

    ResponderExcluir
  23. Adorei Laurinha ...
    .
    esse texto foi feito pra mim ..
    não pela carne, nem pelo almoço em família ..
    mas por ficar com irmãos ...
    ahushaushuahauh

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi