quinta-feira, 21 de maio de 2009

Ainda bem que vivo com ela

Por Rosana Tibúrcio
.
Já fui tão falante de tudo que sinto pela Laurinha e aí fico pensando que vocês ficam pensando que ela só tem qualidades.
Sinto decepcioná-los. Na verdade eu preciso desabafar: Laurinha é má!!!
Ela é ridica de abraços (rá rá descobri, neste exato momento, que há o verbo ridicar e o adjetivo ridico) e me faz sofrer quando eu peço pra vir pro meu colo e ela não vem. Peço beijo e ela não dá; pergunto se me ama, diz que não; imploro abraço e ela fica balançando o corpo pra lá e pra cá numa pura negação. Não bastasse dizer não com a cabeça, diz com o corpo.
Descobri agora – como ela é útil para o meu constante aprendizado – que ridico vem de ridículo. Então fica fácil constatar, minhas gentes: Laurinha é ridica; é ridícula quando me diz tantos nãos.
Quando eu pergunto à Laurinha – e pergunto sempre – se tem notícias da irmã e ela diz que não e eu digo que então vou ligar pra saber e ela retruca: "precisa não..." sei que nesse “precisa não” tem o também querer notícias da irmã lindona e amada que mora longe da gente, mas tá sempre perto.
Laurinha aos dois e seis meses e aos 19 anos



E quando penso que tudo tá perdido pra mim, que já não tenho mais motivos pra sorrir, com tantos nãos, dela e da vida, lá vem Laurinha e me desarma como um jeito meigo de dizer “Rosaninhaaaaa, cê tá tisti?”
E quando penso que tudo tá perdido pra mim – pois ela me ridica os tais abraços – lá vem ela e levanta minha blusa e me toca com suas mãos frias e traiçoeiras e me sorri um sorriso safado e caloroso meio que me dizendo: "você não está só, tô aqui com você."
E quando penso que tudo tá perdido pra mim, olho pro lado, ando pela casa e sinto que tudo por aqui tem o ar de Laurinha, é ela quem dá o tom do nosso lar, da minha vida e da vida de Marininha (penso que posso falar pela minha grandona, pois sei do amor que une minhas duas).

Laurinha não é fácil de ler, ela pouco fala e ainda tem a ousadia de, muitas vezes, falar o contrário do que sente e pensa. Laurinha me dá uma canseira danada minhas gentes, pois é um tal de balançar a cabeça quando espero o som de sua voz; é um tal de dar um passo pra trás quando quero proximidade... ela não é fácil não e, ainda assim, sou a mãe mais feliz do mundo porque vivo com ela.
Laurinha é tiquinho má e muito ridica, mas amo tanto!!!
.
Uma linda quinta-feira pra todos, pois nas quintas há algo no ar e hoje há uma revelação bombástica: Laurinha é ridica; Laurinha é má!!!
.

40 comentários:

  1. Sinto decepcioná-los minhas gentes, mas a verdade precisava ser dita... hehe

    ResponderExcluir
  2. nossa, olha a bomba...

    a Laura é azeda, mas doce quando doce! rsrsrs

    adooooooro revelações, inda mais assim, vindo da mãe da sujeita!

    bjo.

    ResponderExcluir
  3. ah, e olha a cara torta dela pequenininha no seu abraço, Rosana, tipo 'me solta, sua coisa!'... rsrsrs
    Já era má desde bebezinha... rsrsrs

    ResponderExcluir
  4. Era para ser um homenagem de aniversario???

    hahahhahahaha so a Rosaninha sabe falar as verdades sem machucas..

    mãe é mãe.. hahahahhahhaaa

    ResponderExcluir
  5. laurinha é tão autentica..

    Talvez ela não tenha a necessidade de agradar as pessoas, nem de preencher nada.. eu a vejo no seu proprio tempo, no seu proprio espaço...

    agora que é maldadezinha enfiar a mãe gelada e fazer carinha de menina anjinha..

    maldade pura

    ResponderExcluir
  6. hahahhahaha
    vou ligar para o disk mãe carente e fazer a denuncia dessa pessoa, que tem carinha biita, é super docinho e guti guti

    ResponderExcluir
  7. "Laurinha é ridica" parece com "Laurinha é rEdícula".

    haha

    ResponderExcluir
  8. Tô com a Flávia na análise da foto.

    lálálááá

    ResponderExcluir
  9. Rosana, a mãe de ridica21 de maio de 2009 12:17

    Laurinha é judiante de mim. Fui lá agora na sala de TV e perguntei: cê me ama? Adivinhem??? Mas amo ela mesmo assim... rs

    ResponderExcluir
  10. Não gostei da leitura da foto feita por Flavíssima. Não gostei da ratificação do Rafa... de mal!!

    ResponderExcluir
  11. eu não sou redicula
    isso é a narina

    ResponderExcluir
  12. mas mãe..
    com dois meses eu gostava de você, olha que carinha boa te olhando..

    ResponderExcluir
  13. Filhote, respondo seu e-mail daqui um tempim... rs
    lá lá lá eu troco e-mail com o meu filhote, ele não rejeita meus abraços...

    ResponderExcluir
  14. Tudo bem, mainha!
    Um abraço bem apertado!

    haha

    ResponderExcluir
  15. Gente do céu ..
    essa é mesmo a minha irmã ..
    ela ridica a gente, ela não nos ama .. humpft

    ahahaha

    mas eu amo ela do mesmo jeito.
    ô se amo.

    Mãe, acabei de chegar em casa.
    vc tem filha grande sim.

    ResponderExcluir
  16. Por que só um comentário no meu post sá Marina?
    De mal!!!


    Sou maltratada pelas filhas, vou usar o disk mãe carente, sugerido por Paulinha.

    Paulinha é minha amiga, ela me me ama, ela me admira.

    ResponderExcluir
  17. Rafilhote, já respondi, cê já leu e beijos da Mainharainha... hehe

    ResponderExcluir
  18. Não quero perder nisso de comentários e tal...

    ResponderExcluir
  19. Afinal, eu sou a mãe da noiva.
    Oppppss, da aniversariante!

    ResponderExcluir
  20. pois é..
    apesar dos pezares eu não chego bêbada em casa, nem trombo o carro, não roubo bancos [ainda]... sei lá..

    [tô tentando achar algo de positivo em mim mesma.. e, é claro, comentar no post da véia]

    ResponderExcluir
  21. beijosvoutomarbanho.
    hoje vou ficar tchutchuca para ver titas e mais uns cantores de umas bandas que ate agora nao decorei.
    tomara que eu não piore de gripe.. senão.....................................................
    fudeu, mano.

    ResponderExcluir
  22. Genteeeeeee, a minha filha me chamou de veia e falou "fudeu"!!


    Meus sais!!!!!!!!!!!11

    ResponderExcluir
  23. Rosana, a mãe da boca suja.21 de maio de 2009 18:45

    Esse comentário aí de cima era pra ser meu, mas a merreca, pra não dizer outra palavra mais feia, da Laurinha tava aberta aqui. E eu fico linda dela..

    ResponderExcluir
  24. Paulinhaaaaaaaa, ela acabou de colocar mão fria em mim.



    Ah, preciso contar outra dela: não gosta de tirar fotos comigo. Num é que no mês dela tenho nenhuma da gente???

    sofro!!

    ResponderExcluir
  25. Oi mãe .. cadê a senhora? .. vamos bater um papo???? kkkkkkkkkkkkkk

    fica assim não, o disk mãe carente é ótemo kkkkkkkkkkkkkkkk

    beijocas ocas ocas

    ResponderExcluir
  26. Sem acreditar que a Laurinha é assim.To bege

    ResponderExcluir
  27. hahaha Acho que destrui a ideia de uma sobrinha ideal...
    Laurinha é tudo de bom, mas é sim, ela é meio assim mesmo!!

    ResponderExcluir
  28. escreve um livro Rosaninha, com o nome:
    'Descontruindo Laura'

    rsrsrsrs

    bjoooo

    ResponderExcluir
  29. Boa ideia, Flavíssimaaaaaaa!
    Vou construir esse livro desconstruíndo nossa pititinha...rs
    Cadê Paulinhaaaaaaaaaa?

    ResponderExcluir
  30. ela é linda... até nas malvadezas! Sim, ela é má! Eu vi!

    ResponderExcluir
  31. drama pouco é bobagem, né RosanEnha... rsrs

    ResponderExcluir
  32. Cê acha eu dramática Flavíssima???
    hummmmmmmm!
    ow, esperando um e-mail seu, tá bom? sua danada!!

    ResponderExcluir
  33. Hoje é sexta-feira dia de cerveja... iurúúúú

    ResponderExcluir
  34. Amanhã é sábado e a semana acaba.
    Laurinha, passou seu tempo, pititinha, cê já tem 20 aninhos, saca??

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi