terça-feira, 29 de março de 2016

Nos embalos de um sábado à noite

Tema: Vou fazer uma festa
Por Rafael Freitas

Ouvi dizer que o convite é colorido, meio psicodélico. E vem explicadinho lá que não será simplesmente uma festa de aniversário de quarenta anos: o tal convite anuncia que será uma viagem musical.

Parece que o dress code é obrigatório: os convidados devem comparecer usando roupas ou fantasias que remetam às décadas de 1970 e 1980, o tema da festa. Mas não vamos criar caso com isso, não é mesmo? Nem é tão difícil assim uma fantasia de hippie, uma peruca black power, calças de boca de sino e sandálias com meia de lurex. Ou é? Ou ainda aquele visual da Madonna no início da carreira ou de algumas bandas de rock que surgiram nesse período.

Estão dizendo também que a data já foi reservada no clube literário e recreativo da cidade do quarentão. E que a decoração transformará o tal clube em uma perfeita discoteca. Estão dizendo até que vão reproduzir aquele chão com luzes coloridas do filme do Jhon Travolta!

Estrategicamente posicionados nas laterais do salão, mesas e balcões de bebidas e comidas variadas. Ninguém sabe ao certo o cardápio, mas dizem as más línguas que tem umas coisas que a gente nem sabe falar o nome, mas que são uma delícia. E completam: _ São os salgadinhos que já estamos acostumados, mas com outro nome pra parecer que é chique. Isso é a cara daquele moço!

Pelo jeito, tudo será servido com fartura. Mas ouvi dizer que o aniversariante não está muito preocupado com isso. Seu foco é a trilha sonora. Mesmo tendo contratado um DJ, ele fez questão de escolher todas as músicas e a ordem em que serão tocadas. Parece até que ele anda se gabando por aí que "a playlist tá uma delícia; impossível ficar parado com o melhor dos anos 70 e 80!" Já espalharam até que vai ter um telão gigante. Pode até ser que tenha uma ou outra música pra dançar coladinho, de romance e tals. Mas pelo que estão dizendo, acho que o que pode dar uma desanimada nessa festa é que o aniversariante vai cantar com uns amigos ou parentes umas músicas de rock nacional. Tomara que não passe de duas ou três. E que não seja Pintura Íntima de novo!

Um detalhe importante: a lista de convidados é seleta. Só familiares e amigos mais próximos. Só quem já conhece o moço e seus gostos esquisitos. Ouvi dizer que são todos esquisitos como ele e que toparam até dançar de passinho, com direito a ensaio e tudo, no meio da festa.
E pra terminar, no fim da festa cada convidado leva um globo de espelho em miniatura de lembrança. Achei chique, já quero.


Agora é só aguardarmos pelas últimas notícias. Pelo que dizem, vai ser uma festa de arromba. E quem começa a espalhar essas coisas são os pensamentos e vontades aqui dentro, imaginem.



4 comentários:

  1. Que essas festas sejam marcadas em dias diferentes, pois quero ir a todas.

    ResponderExcluir
  2. quero ir nessa festa como convidada principal e sem xanxi de reclamação...

    ResponderExcluir
  3. ah nem, o aniversariante vai cantar?

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi