quinta-feira, 30 de julho de 2009

Da II CAGC:menu, fatos e fotos (capítulo 1*)

De Rosana Tibúrcio
Tema da semana: livre

Reza a lenda (reza a lenda é uma coisa assim, bem Laurinha) que a Convenção Anual do Guaraná com Canudinho (CAGC) passará a ser, a partir de janeiro de 2010: bimestral. Já confirmaram a vinda pra janeiro: Paulinha, Flavíssima e Rafa (mas isso é assunto pra outro post).
Vamos falar desta última agora, mas não sem antes dizer que ela só não foi super sublime porque a Paulinha (nossa mais louca Guaranete) não veio. Confesso: quase morri de saudade e falta da minha maluquinha.
Mas então: as pessoas pensam que Convenção é sinônimo de comida. Tá certo que almoço aqui não houve nos dias do evento; nem janta. Havia: cafemoço, almojanta e toda sorte de beliscações durante a tarde/noite/madrugada. As manhãs? Elas foram feitas pra dormir.
A II CAGC durou dez dias: de 17 a 27 de julho.
Vamos lá, lembrando que neste post de hoje tentei relatar o ocorrido entre os dias 17 a 22 de julho. A segunda parte do relato da II CAGC farei numa outra postagem.

Sexta-feira, 17 de julho
Marininha avisou que chegaria por volta de 19 horas e “delicadamente” exigiu que eu preparasse um estrogonofe para esperá-la. Taffarel (no decorrer do post não citarei tanto o nome dele, mas reforço que ele esteve por aqui todos os dias) e Ana Amélia vieram pra recebê-la. Foi um auê.

Ana Amélia e Marina (foto 1); Taffa e Nina (foto 2); Taffa, eu e Nina (foto 3); e Taffa e Nina (foto 4)

Sábado, 18 de julho
A única pessoa esperada neste dia era a Jéssica, a garota do “boletim desvairada”. A cada parada na viagem de Sampa a Patos, um novo boletim. Nada desconfiei, apesar de ter notado a diminuição do número, desses boletins, em relação à vinda dela em janeiro deste ano. Eis que ela avisa: “mais uns 10 minutos tô em Patos”. Acordo Marina e ela vai esperar nossa convidete. Marina diz que ao lado de Jéss havia uma velha com uma manta na cabeça, velha e corcunda: era o Rafa (vide foto neste meu álbum do orkut). Jéss me aparece com mais malas que da outra vez, mas logo pensei: deve ser presentes pra mim... hehe Abraços e tal, levo Jéss ao quintal pra conhecer Abadia (nossa ajudante de muitos anos). Na volta eu vejo que, além de Taffa (ele havia dormido por aqui) e Nina havia uma outra pessoa sentada à mesa. Era meu filhote Rafa: o filho da mãe. Imaginem a minha surpresa e emoção. Teve de tudo neste dia: abraços, carinhos, revisões textuais e, pasmem, carne moída com batatinha cozinha, na hora do almojanta. (É... pessoas como Rafa e Jéss - que se dizem normais - gostam dessas comidas estranhas... urghhh). Fomos deitar nem sei bem que horas, lá pelas 5 da matina, creio.
À esquerda primeiro: Nina Jéss e eu (foto 1); Rafa e eu (foto 2).
À direita: Jéss e Nina (foto 1); Taffa, Rafa e eu na maior concentração textual (foto 2).

Domingo, 19 de julho
Neste dia, ninguém sabia exatamente o que iria comer no almojanta. Chega Ana Amélia (aniversariante do dia) e família. Tia Denise já estava por aqui. Todo mundo de pijama. Bastou Ana Amélia vir com alguns pedaços de bolo e pronto: “arrá urúú Ana Amélia eu vou comer seu bolo...”, cantam os loucos. Foi uma palhaçada. As pessoas esquentaram a tal carne moída e eu fiz uma outra coisinha pra mim, e passamos o resto do dia. A gripe já começava a me perturbar e, eu gripada, não sou gente, todos já sabem. Jéss anunciou uma comidinha diferente pra segunda-feira, disse até que deixaria uma lista de coisinhas pra eu comprar na parte da manhã. Fui dormir tranquila pensando: amanhã estarei longe do fogão (me enganaram).

Tia Denise e Rafa (foto 1); Nina, Jéss, Rafa e Ana Amélia (foto 2); Jéss, Nina e Rafa cantando "arrá urúúú..." pra Ana Amélia (foto 3); Jéss, Rafa e Vítor (foto 4).

Segunda, 20 de julho
Acordei mais cedo que a turma de dorminhocos preguiçosos porque, afinal, sou uma pessoa responsável. Havia uma lista de coisinhas que eu precisava comprar pra fazer o feijão com linguiça pra moçada, mas fiquei esperando encontrar a tal listinha de compra da Jéss, pra ela fazer uma torta de palmito. Não é que ela e Rafa “decidiram” que não fariam isso e nada falaram à chefe aqui? Então... como castigo resolvi: feijão com linguiça só bem à noite. Como vingança eles acharam por bem sair sem a minha companhia. Foram ao Big Pato comer batatas avelãs. Enquanto isso euzinha aqui fui ao supermercado comprar várias coisas, inclusive “rosquinhas” para a turma de famintos. Tudo bem... nada que tenha me matado.
Por volta de meia-noite o feijão com linguiça ficou pronto e matei o povo de comer. Depois disso eu quase morri e fui pra camita mais cedo: era a gripe marditaaaa.
As meias de Jéss, Rafa, Nina e minhas, Laurinha acrescentou as dela e o Vítor (foto 1); Laurinha, Rafa, Jéss e Nina (foto 2); Laurinha, Rafa e Nina no Big Pato (foto 3); Jéss, Laurinha e Nina (foto 4).
Terça, 21 de julho
De manhã saímos com Jéss pra ela comprar passagem de volta. Ela me enganou: achei que ia na terça, mas tudo beeem... rs Ana Amélia nos levou à Rodoviária pra essa tarefinha. Deixamos Laurinha e Rafa em casa porque eles estavam super desobedientes. Esse dia foi estranho: foi alegre e triste. Aproveitamos tudo que podíamos em relação à Jéss. Ela, Rafa e Vítor (filho do casal) ficaram de beijinhos o dia inteiro e, lá pelas 7 horas fomos levá-la à Rodoviária. Ana Amélia fez isso pra gente. Paramos na Lagoa pra umas fotos e foi meio divertido/estranho. De volta pra casa ficamos recordando Jéss e suas famigeradas frases. E como a vida continua; os jogos e conversas também: prosseguimos a Convenção.
Jéss e Nina de manhã na Rodo (foto 1); Nina, Laurinha, Jéss e Rafa inda pra Rodo à noite (foto 2); Jéss e Rafa (foto 3); Ana Amélia, eu, Jéss, Laurinha e Rafa (foto 4); Rafa, eu e Jéss (foto 5); Jéss e ônibus (foto 6).
Quarta, 22 de julho
Amanheci [?!] estranha: saudades já da Jéss e super, mega gripada, além de vivenciar alguns aborrecimentos burrocráticos-financeiros-filhos-da-puta que não merecem ser detalhados por aqui. Minha Santa Camomila!!!!
Passamos o dia na maior preguiça (novidade). Não me recordo o menu do almojanta, mas certamente todos comeram... (Bom, Marina informa nos comentários que foi um tal risoto com bastante queijo parmesão). Recebemos a visita de Thiago Amâncio, um doce de pessoa. Brincamos de vários jogos, mas assim: o dia foi mesmo do Rafa, porque o sujeito foi paparicado. Dá licença!! Mas ele merece... cuti cuti... Ah, também ficamos mais foi esperando a chegada de Flavíssima para, com ela, prosseguirmos a CAGC. Mas isso é papo pro meu próximo post, porque agora eu cansei: de escrever e sentir falta dos meus amores. Não quero mais brincar de ser feliz...
Laurinha, Vítor e Rafa (foto 1); Rafa e Nina (foto 2);
Tiago, Laurinha e Rafa (foto 3); Vitor, Laurinha, eu, Nina e Thiago (foto 4).

U
ma linda quinta-feira pra todos vocês, minhas gentes, pois nas quintas há algo diferente no ar. Hoje há só saudade por aqui nesta casa e no meu coração (tá, fui brega, mas quando disse que não sou?)

* Amanhã se Paulinha não postar, deixo aqui o segundo capítulo do histórico da CAGC. Caso ela poste, faço isso no domingo, ok moçada? Há milhares de coisas a serem reveladas sobre Flavíssima, Taffa, Alô e cia... iurúúúú...
.

48 comentários:

  1. Amor de Índio
    De: Beto Guedes/Ronaldo Bastos

    Tudo o que move é sagrado
    E remove as montanhas
    Com todo cuidado, meu amor
    Enquanto a chama arder
    Todo dia te ver passar
    Tudo viver a teu lado
    Com o arco da promessa
    Do azul pintado pra durar

    Abelha fazendo mel
    Vale o tempo que não voou
    A estrela caiu do céu
    O pedido que se pensou
    O destino que se cumpriu
    De sentir seu calor e ser todo
    Todo dia é de viver
    Para ser o que for e ser tudo

    Sim, todo amor é sagrado
    E o fruto do trabalho
    É mais que sagrado, meu amor
    A massa que faz o pão
    Vale a luz do seu suor
    Lembra que o sono é sagrado
    E alimenta de horizontes
    O tempo acordado de viver

    No inverno te proteger
    No verão sair pra pescar
    No outono te conhecer
    Primavera poder gostar
    No estio me derreter
    Pra na chuva dançar e andar junto
    O destino que se cumpriu
    De sentir seu calor e ser tudo


    Só "Amor de índio" é capaz de representar o que senti nesses dias de CAGC.
    beijos meus amores.

    ResponderExcluir
  2. Inveja!!! Inveja boa, mas inveja. Que posso fazer? Eu sou quase normal. Como perco uma convenção dessas? Com Jéss, Rafa e Flavíssima!!
    Tenho que me comportar bem até janeiro, pra ganhar a viagem.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Na verdade estou com medo das próximas revelações. Inda bem que a senhora foi boUa em não escrever tudo hj, pra eu ter um tempinho pra preparação psicologica do próximo post... rs

    bjod e amor, sua moça.

    ResponderExcluir
  4. uma observação antes de tudo...
    é só no meu pc que essas letrinhas estão diminuindo drasticamente?

    eu to precisando jogar zoom 250% na página pra ler isso até o fim.

    aaaaaaaaaaah mas é coisa da rosana! só pode!

    ResponderExcluir
  5. adoreiiii os relatos de todos os dias iniciais!!
    ahahuhauhahua

    ResponderExcluir
  6. eu fui o primeiro a chegar na casa da rosaninha e quase o último a sair.

    eu sou óthemo.

    ResponderExcluir
  7. a primeira noite foi hilária...
    a ana amélia é um show de pessoa mesmo.

    gente.. eu não tenho essas fotos..

    rosaninha... eu vou ter que pegar aí depois contigo..

    :D

    ResponderExcluir
  8. hehahuahua, só eu sei o quanto eu sei guardar segredo.. né ráfa?

    muaa haa haa.

    a surpresa de sábado de manhãzinha foi um show!!!

    ResponderExcluir
  9. Retificando a Rosaninha, eu não 'dormi' de sexta p/ sábado..

    eu 'passei a noite', kkkk.

    e foi óthemo!
    eu e nina conversamos e rimos muito no desenrolar da madruga.

    ResponderExcluir
  10. adorei a jéss.
    ela é um doce de pessoa!

    ResponderExcluir
  11. o ráfa é um showwww.

    'ispetáaaculllow'

    ResponderExcluir
  12. a nina é a minha massoterapeuta das celebridades globais em ascensão profissional e ninguém tira esse título dela.

    ResponderExcluir
  13. laurinha é super dez!

    [gilmore girls está sendo 'downloadado']

    ResponderExcluir
  14. a flavíssima vai chegar na CAGC no próximo post mas ela é superlativa, já falo de antemão...

    ResponderExcluir
  15. Nossa mamita, que delícia de post
    .
    AFINAL, recordar é viver kkkkkkkkkk adouro.
    .
    Só pra que fique claro pra senhora, o cardápio de quarta foi risoto com bastante parmesão. kkkk
    né não?

    ResponderExcluir
  16. e foi o dia do jogo online imagem e ação - Laurinha, Thiago e eu ... e meu maninho, ora dormia, ora participava.

    Ahhhh foi o dia do ketchupson, pra contextualizar, esse era o nick de um dos participantes do jogo.

    ResponderExcluir
  17. Táffa, cê sabe né? adorei passar a noite com você haushaushaushau

    ResponderExcluir
  18. Guaranetes, viistetes e outros "etes" queridos.
    Esses dias foram mesmo deliciosos, muito!! Muito carinho, abraço, risada...

    Quem eu ainda não conhecia eu adoooooooorei conhecer. Foi tudibom!

    Saudade de toooodos...

    ResponderExcluir
  19. saudades de você Jéss, muita mesmo.

    ResponderExcluir
  20. gente

    eu me esforço super pra ficar na rodoviária fantasiado de velha friorenta, com manta cobrindo a cabeça, e ela nem cita isso!

    humpf

    ResponderExcluir
  21. o Táffa provou que é confiável, gente!

    ResponderExcluir
  22. a foto com minhas irmãs na hora das batatas avelãs é a melhor, vamos combinar.

    ResponderExcluir
  23. ah, Helô, queremos sua presença em janeiro!!!

    ResponderExcluir
  24. reza a lenda que ,i.isso é papo pra outro post,/i. era meu também. mas um dia mamãe roubou e nunca mais devolveu.
    serião.

    ResponderExcluir
  25. "Sexta-feira, 17 de julho
    Marininha avisou que chegaria por volta de 19 horas e “delicadamente” exigiu que eu preparasse um estrogonofe para esperá-la. Taffarel (no decorrer do post não citarei tanto o nome dele, mas reforço que ele esteve por aqui todos os dias) e Ana Amélia vieram pra recebê-la. Foi um uaê."

    uaê seria um auê tão intenso que até as letras trocaram?
    asdhiuadhiudashiudsah
    ai, eu não podia perder a piadinha.

    ResponderExcluir
  26. eu fico me perguntando.. onde estaria laura nos dias 17, 18 e 19? onde?!

    ResponderExcluir
  27. gente.. como é que coloca vídeo nessa budega de blog? alguém ensina pra gente;
    é que todo mundo merece ouvir os tres ritmos do aha uhu!

    ResponderExcluir
  28. "paramos na lagoa pra umas fotos e foi meio divertido/estranho."

    explique-se, pé-de-cana!

    ResponderExcluir
  29. na segunda foto do dia 22 você esqueceu de citar a raquel linguaruda!

    e o risoto óóóóóóóóóóótimo da marina. hauihaduhdasiuhsduihduisahads

    ResponderExcluir
  30. é helô.. agora só falta vocêeeeêeêee agora só falta vocêê

    ResponderExcluir
  31. esse negócio de a pessoa ser superlativa eu queria que fosse meu.
    te cuida, flavia!

    ResponderExcluir
  32. eu nem mesmo sei o que é saudade minha gente.

    [minha mãe é mto ibge e diário, ne? ajsahiasuhiuashiaus]

    ResponderExcluir
  33. Genteeeeee, eles acabaram comigo: um reclamou que não falei da velha maluca, outra que não citei o risota e, umazinha que criticou meu erro de digitação (hahahaha, vê se vou assumir que errei...)./

    Isso magoa, isso destrói a gente, viu?
    Paulinhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

    ResponderExcluir
  34. Mas então, domingo se eu animar posto o resto. Sim, sou tipo IBGE e diário. A Laurinha acabou comigo.
    Tá bom, não vou mais brincar de ser sua mãe.
    Beijos amores.
    Saudades demais.

    ResponderExcluir
  35. Helô, te esperamos em janeiro, tá bom? comporte-se, mulher!

    ResponderExcluir
  36. Como assim, o Taffa sabia que cê vinha antes Filhote? E que iria antes, ele também sabia?
    Eu mato o Taffa!!

    ResponderExcluir
  37. Flavíssima, não se assuste, não revelarei nada mais que uma salada de alface e tal, tá bom?

    ResponderExcluir
  38. O Taffa foi o primeiro a chegar, mas vou contar um podre dele: ele é mal, não quis ficar comigo na garagem. Vim, às 2 e tanto, sozinha e o motorista do taxi (arrááá)pra minha casita. E com medo.

    Um não posso brigar com Taffa, trouxe presente pra Laurinha hoje.
    Tá perdoado, Taffa!!

    ResponderExcluir
  39. Bom, 45 porque dá sorte e tal!!
    fuiiiiiiiii! Amores, tô maior cof cof...

    ResponderExcluir
  40. Já descobri o que aconteceu, o seu post vai diminuindo no meu navegador mesmo...
    Testei em outros e ele fica ok.

    Deve ser bug de instabilidade entre os browsers mesmo.
    No internet explorer, abriu normal.
    No Firexos, abriu normal também.
    No Google Chrome, deu esse probleminha no tamanho das fontes.

    No meu blog tb ta acontecendo isso, no meu cabeçalho onde tá escrito 'instante impreciso'.
    No internet explorer, aparece uma tarja branca no lugar na escrita, no firefox e no chrome, fica tudo certinho.


    vou ter que refazer o cabeçalho logo..
    abração, galera.

    ResponderExcluir
  41. enviei para o mail de todas as pessoinhas, esse fato inusitado que aconteceu.

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi