quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Caldim de quê?

Tema: um episódio da infância
Por: Rosana Tibúrcio
 
Jamais apreciaria isso naquele tempo. Quem diria!!!

Todo dia a mesma coisa: maior sofrimento no almoço e janta. Café da manhã sim, com pão assado no forno e manteiga e um copo de leite com nescau. Dos deuses!
Mas almoço era aquela coisa de arroz, feijão, carne, verdura, legume. Demais pra mim a magrela e sem apetite da vida.
Era meu pai que servia nossos pratos e um dia ele me perguntou item por item o que eu queria e, a cada pergunta, respondia com um não.
Aí o pai resolveu arriscar: pelo menos um caldinho, Rosana.
E eu: tá bom, põe caldim de farofa então...

Uma linda quinta-feira pra todos vocês, meus amores, pois nas quintas há sempre algo diferente no ar e hoje há um dispositivo pra usar e relembrar fatos da infância. De preferência os mais engraçadinhos ou felizes. 

9 comentários:

  1. Que farofa era essa será?

    Aquele que entende a piada. Haha

    ResponderExcluir
  2. Sério mesmo? Naquela época, o vovô quem servia os filhos? ..

    "mim serve"?

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. Contado pelo pai, porque de memória não sei de nada. Até perguntei pra ele semana passada se havia outro caso mais interessante que esse e ele respondeu: não me lembro rs

      Excluir
  4. ai dels tomara que num futuro eu tambem mude mes habitos ne mores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que não seja aos cinquenta e necessitada como eu... rs

      Excluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi