quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

"Mulher", "rebolation": meu coração não foi consultado

Tema: música carnaval
Por: Rosana Tibúrcio

Imagem

Detesto carnaval: as músicas atuais; aquela baderna (ninguém é de ninguém); gente suada. Tô fora!
Aprecio, por enquanto, os desfiles das escolas de samba do Rio, porque as de outros lugares, oww dó, uma chatice...
Em relação às músicas de carnaval, alguém consegue imaginar, nos dias de hoje, um samba como o “Foi um rio que passou em minha vida” de Paulinho da Viola?
Sacam só:

Se um dia meu coração for consultado
Para saber se andou errado
Será difícil negar
Meu coração tem mania de amor
Amor não é fácil de achar
A marca dos meus desenganos ficou, ficou
Só um amor pode apagar

Porém (ai, porém)
Há um caso diferente que marcou num breve tempo
Meu coração para sempre
Era dia de carnaval

Carregava uma tristeza
Não pensava em outro amor
Quando alguém que não me lembro anunciou:
Portela! Portela!
O samba trazendo alvorada
Meu coração conquistou
Ai, minha Portela, quando vi você passar
Senti o meu coração apressado
Todo o meu corpo tomado
Minha alegria voltar

Não posso definir aquele azul
Não era do céu; nem era do mar
Foi um rio que passou em minha vida
E meu coração se deixou levar
.
Nem é preciso gostar de carnaval, torcer pela Portela, nada disso... é só “degustar” a canção.
Aí vem um Neguinho da Beija-flor – que aliás admiro bastante, com uma “música” que foi a mais tocada no carnaval 2010 do Rio de Janeiro. Posso vomitar? O título: "Mulher, mulher, mulher". Um fragmento dela, porque eu me recuso a deixar esse trem todo aqui procês:
Melhor que uma mulher, só dez mulher só dez mulher
Melhor que dez mulher, só mil mulher, só mil mulher...

Faça-me o favor!!! Ele podia, pelo menos, fazer um pluralzinho aí, tô certa? Essa música é uma ofensa à minha inteligência e feminilidade.
O dia que vi, no Bom dia Brasil, um desafio musical entre cariocas e baianos, fique bege. De um lado, o Neguinho com a “mulher” dele e, de outro, adivinhem? Rebolation!!! Fragmento da “letra”
O suingue é bom gostoso de mais Mulheres na frente os homens atrás”
Eu me recuso a dizer que "rebolation" é “música”...
.
E viva o Paulinho da Viola, Alceu Valença, Moraes Moreira, Martinho da Vila, Cartola, Caetano Veloso e mais uma porrada de autores brasileiros. Só eles pra nos salvar do ridículo.
É isso: post revolta x saudosismo
.
Uma linda quinta-feira pra todos vocês, minhas gentes, pois nas quintas há algo diferente no ar e hoje há uma saudade do tempo em que as músicas de carnaval podiam ser chamadas de “canções”. O que se vê, na atualidade, é uma babaquice sem fim. Tenho dito!!

11 comentários:

  1. Olha a Mangueira aí genteeeeee; quer dizer, a Portela!!

    Falei e disse.

    ResponderExcluir
  2. Eu nunca ouvi o Rebolation, acreditam?

    Fui abençoado!

    ResponderExcluir
  3. Paulinho da Viola é apelar também, né mainha?!
    Bom demais!

    ResponderExcluir
  4. E a música do lobo mau?
    Vou te comer vou te comer vou te comeeeer!

    ResponderExcluir
  5. ninguém é de ninguém.


    mas isso é sempre. não?

    ResponderExcluir
  6. eu queria ter dito, antes de enviar o comentário, que concordo. muito.
    desculpa minha pressa.

    ResponderExcluir
  7. mas hein... é impressão minha ou rolou uma revolta? da mammis?

    ResponderExcluir

Sinta-se em casa. Sente-se conosco,tome um guaraná e comente o que você quiser e depois, aguente!!! hihihi